Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 3 de setembro de 2007


A última bandeira petista foi salva

O resultado maiúsculo do 3º Congresso do PT, que se encerrou ontem, é o anúncio – contrariando o presidente Lula (que audácia!) – de que o Partido vai lutar para ter candidato próprio à sucessão de 2010. Bravo!

Completamente lateral e acessório, uma vez que abriu mão de fazer política, o PT subalterniza-se cada vez mais à lógica do lulismo. Mas para manter uma justificação da própria existência cartorial faz – como dizia Rosa – da necessidade, virtude. Sem dúvida (e sem deboche), é vital para o PT afirmar candidatos à 2010. Caso contrário, perderá seu apelo e sua última bandeira, a de ser uma mera legenda eleitoral.

Mas onde ficaram aqueles documentos audaciosos, ideais-limite, altos sacrifícios, impulsos heróicos, refundação partidária? Tudo se dissipou em meio à rotina trivial e monótona de manutenção da ordem do petismo-lulista. O obeso Berzoini deve achar essa pantomima um saco! Nos últimos dias ele nem pôde sestear depois do almoço farto...

O cálculo técnico-eleitoral de 2010 substituiu a imaginação moral e política. Tardiamente o PT discutiu o socialismo que quer. Não quer. Mas dissimulou uma conversa. Debater sobre princípios nesta hora, implica em calar sobre tantas outras coisas!

Como disse uma vez Walter Benjamin, “a crise, a verdadeira crise, é continuar tudo como está”.

....

Em Tempo: o grupo petista que se reuniu em torno da tese “Mensagem ao Partido” (do qual este blogueiro foi signatário) teve míseros 13,78% dos delegados presentes ao 3º Congresso do PT. O velho grupo dirceuzista (ex-Campo Majoritário) ratificou a sua hegemonia no Partido. Hoje, os signatários da tese “Mensagem ao Partido” estão completamente isolados dentro do PT.



18 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu queria saber o que significa o socialismo sustentável que o PT inseriu neste fim de semana na sua agenda. Afinal, o que significa socialismo sustentável, alguém aqui sabe?

Anônimo disse...

Às 10:35 um CC da Prefeitura de Porto Alegre questiona o blog. Interessante!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Joca disse...

É o ócio recalcitrante.

Anônimo disse...

A turma do Fumaça tem reclamado da carência de recursos na Prefeitura de POA. Deixo aqui alternativa - a demissão de todos os CC`s. Afinal não foi a demissão de funcionários a solução para a Emater????

Ana Flores Costa disse...

"Mensagem ao partido" é um grupo só de Porto Alegre e alguns gatos pingados de SP e MG.

flics - bs.as. disse...

Pois é, Ana Flores, a ponto chegou essa coisa chamada pt, onde quem pensa é gato pingado.

armando disse...

Tem aí em POA um bobo alegre, proto-fascista, que atende pelo nome de Denis Rosenfield. Não será esse pseudo-filósofo que dirá o que é ético e o que é criminoso.

Corja de pequenos canalhas!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Rosenfield foi ex petista e continua hegeliano.

Anônimo disse...

E o Maia desocupado.

Anônimo disse...

E o Maia desocupado.

Anônimo disse...

Maia tu não é de Uruguaiana?

guimas disse...

Não percam tempo com o Maia: olhém só as bobagens que ele escreveu nestes comentários. Deve ser algum CC desocupado mesmo!

Anônimo disse...

Do jeito que as coisas andam eu to preferindo o Requião do que um candidato do "pt"...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Que horror, Guimas, o Maia votou no Alckmin. E ai, qual o problema ? Votei como fez a maioria do povo gáúcho, catarinense, paulista e do sul do Brasil.

Agente 65 disse...

Discordo e dou meu testemunho lá no Agente. Não é bem assim. Foi uma vitória da esquerda, e significativa.

Cristóvão Feil disse...

Prezadíssimo Agente Meia Oito,

Acho que tu estás te emborrachando do vinho da ilusão, e nesta condição estás achando que 14% é vitória. Estás expressando muito mais a “a matemática do teu desejo” (como diz Jorge Mautner) do que a realidade atual do PT. O dirceuzismo e o lulismo são hegemônicos no PT, Meia Oito. Não tem retórica de lambe-feridas que chegue a tempo, meu prezado. O real é este. Podemos não gostar do que vemos. Mas é este o real.

Quer dizer que “conquistamos a discussão da Constituinte”, conquistamos “a discussão sobre o socialismo”? Tudo quimeras! Princípios de letra morta que os hegemônicos jamais levarão a termo. Tu achas mesmo então que o Brasil terá uma nova Constituinte exclusiva para fazer a “reforma política”? Os hegemônicos não querem nada disso, assim como nunca quiseram a “reforma política”. Quem não pode o menos, vai poder o mais?
Eles querem é transformar o PT numa legenda tradicional, eleitoreira e com um aroma de esquerda – um flavor artificial de esquerda. A “esquerda” hoje é a cereja no bolo do lulismo-petista.

Uma cereja bonita e vermelha – para sair em fotografia.

Verinha/PoA/RS disse...

Bom-dia, senhores! Peço que acessem o link abaixo e dêem uma lida na 'surpresa' que a militãncia 'Lulo-petista' paulista está organizando. Como eu queria estar lá junto com aquela companheirada! Era disso que eu vinha falando há tanto tempo na blogosfera. Alguém que lançasse uma luz no final desse tunel que tomasse a dianteira e desse uma oportunidade à militãncia de ir pra rua e mostrar pra essa mídia jabazeira, que não tá morto quem peleia. E que aqui no Brasil, até 2010, quem manda é o presidente Lula. Aqui no RS já não se fazem mais lideres como antigamente. Só se ouve e se lê o mesmo e bolorento blá, blá, blá. É de chorar de tristeza! http://edu.guim.blog.uol.com.br/

Anônimo disse...

Maia, ainda não me respondeu a pegunta: tu é de Uruguaiana?

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo