Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 27 de setembro de 2007


Mostrando as unhas longas

Depois de ler a manchete principal do Correio do Povo de ontem (acima), me assaltou uma imagem de filme B: um mascarado apontando o revólver para a cabeça da governadora Yedinha e forçando-a a baixar um novo tarifaço no Estado, grita nervoso, “Perdeu, perdeu, vai aumentar impostos, vai aumentar impostos!”

“Déficit obriga Estado a elevar alíquotas do ICMS” – mais imperativo que isso, só com um revólver na cabeça.

Aliás, o Correinho está aos poucos mostrando suas longas unhas, agora sob a direção dos “crentes” da Igreja Universal do Reino de Deus. Só vem provar que temos de fato uma imprensa de pensamento único. Este jornal está franca e nitidamente sendo um instrumento político do governo tucano no Estado. Uma matéria paga pela Secretaria de Comunicação Social de dona Yedinha não teria essa força e esse impacto imperativo.

Temos agora, então, dois diários oficiais no Estado, ou melhor, três: o próprio, o jornal Zeagá, e o Correinho, sem contar as dezenas de pequenos panfletos partidários espalhados pelo Estado – todos com a mesma orientação político-partidária.

Já se vê que a nossa superestrutura cultural é bem mais miserável do que a nossa combalida infra-estrutura econômica. Nesta, pelo menos a União supre e provê, já a outra...

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu assinava os dois, imaginem só minha paciência, do Correinho desisti. Mantenho a ZH para monitorar meu masoquismo. Comprarei com o valor poupado um bom vinho por mês no Zaffari, claro.

Claudio Dode disse...

É isso aí que chamam de liberdade de imprensa...??????????

Claudia Cardoso disse...

Achávamos que (quem sabe...), se não dava para ler o jornal de deus, talvez ler o jornal do diabo fosse melhor. Ledo engano!!!!

Guilherme Mallet disse...

Rogério Mendelsky em outdoors já diz tudo.

Freqüentes noticias sobre o esquecido Fogaça, Yedinha...

É. Parecia impossível mas o Correio conseguiu piorar.

Claudio Dode disse...

E agora a Tereza Cruvinel na TV Pública.

Porque não Xuxa? pelo menos dava mais audiência...

eduardo stein disse...

Os editores do Correio estão achando que tem mais o que receber, além das migalhas que caem da mesa. Autofagia, ou suicídio, é isto aí. Estão querendo concorrer com quem já ocupou os espaços. Toda decadência é triste, mas esta do Correio, além de triste é patética.

Carlos Eduardo da Maia disse...

É evidente que o Correio, administrado pelos crentes da IURD, iria piorar. Os jornais do RS são para la de medíocres. POr que a esquerda não se organiza e faz um jornal diário de qualidade? Mas para fazer um jornal diário de qualidade não dá para ter preconceito com o capital, né!!!!

Jens disse...

O CP não deu uma única linha sobre a treta entre o conselheiro Villela, da Agergs, e o deputado Berfran Rosado, relator da CPI dos Pedágios.

Joao disse...

Jornal no RS s[o serve mesmo nos dias de hoje para ver a programacáo dos cinemas e os resultados do futebol pro resto [e botar dinheiro fora . Melhor fazer como o Anonimo ai em cima e comprar um bom vinho

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo