Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 18 de setembro de 2007



O ministro fuleiro

Deu na Folha de hoje.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, defendeu, ao lado dos três comandantes militares, o fortalecimento da indústria bélica nacional, a autodeterminação militar do país e o reaparelhamento das Forças Armadas. Jobim ressalvou que o país não tem "pretensão expansionista", mas precisa demonstrar sua presença e força na América Latina, assumindo sua liderança regional.
"Toda liderança depende que se tenha uma força dissuasória. Não temos nenhuma pretensão expansionista, mas temos pretensões, sim, de que nossas forças dissuasórias tenham condições de mobilização para que demonstrem sua presença no Brasil na América Latina."

Alguém entendeu o que o proto-tucano quis dizer? Onde o patético ministro quer chegar, com essas declarações belicistas e provocadoras? Ele tem noção do que está dizendo? Ou é só bravata pra fazer um agradinho aos milicos?

Uma das coisas mais fuleiras da política brasileira atual é esse ministro Nelson Jobim. Depois de querer ser o Rui Barbosa, Jobim agora se fantasia de milico, e quer ser o Henry Kissinger, dos tempos em que este pontificava no Departamento de Estado dos EUA e invadia países, dava golpes de Estado (como contra o Allende, no Chile) e bancava o Marco Antonio no antigo Egito.

Será que esse jeca-tatu de Santa Maria quer dar algum recado ao comandante Chávez? Não duvido!

11 comentários:

armando disse...

Melhor seria dizer palhaço travestido de verde-oliva.

Além de recado a Chávez, quer se fazer importante perante as F.A. que não engolem civis nesta pasta. Pensa, assim, angariar apoio. Veremos.

Anônimo disse...

O lula brindou jobim...Aguardem Jobim novos papéis.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Jobim virou o coringa do Lula. Está resolvendo o problema do caos aéreo -- mostrando que faltou mesmo gestão competente e agora está abrindo as asinhas para outros vôos. Assim é e sempre foi Jobim. Um carinha determinado, rápido no gatilho e que consegue resolver os problemas que outros não conseguem. Se Jobim está dando recado ao imbecil do Chávez tem todo o meu apoio.

joca disse...

imbecil é tu, maia

sueli halfen ( POA) disse...

Eu acho que o Maia tá elogiando o LULA e
o Maia anda vendo filmes antigos e cults do Clint Eastwood ! aliás adoro ver o Clint mocinho.

Maia, tenho certeza que o Hugo não
VAI DORMIR ESSA NOITE!

Anônimo disse...

Minhas filhas quando brigavam diziam: QUEM DIZ É QUE É.

Claudio omar Dode disse...

Lá vem o Eremioldo Maia:
O Jobim é rápido no gatilho!Resolvendo os problemas que ninguém resolveu!!
Um Cara determinado!!!
Oportunismo virou determinação, auto retrato!
Resolveu o que problema de gestão?
Tirou o presidenete da infraero que era especialista e botou um pateta que não sabe (ele mesmo disse) nada mais que chegar no guichê!
Só satisfez os direitistas delirantes como o Eremildo Maia!

Orson disse...

Alguma coisa contra Santa Maria? contra os jeca-tatus? Ou contra os jeca-tatus de Santa Maria?

eugênio neves disse...

Pra quem não lembra: quando o patético "constitucionalista" foi Ministro da Justiça no Governo FHC, não conseguiu sequer proteger uma testemunha. O sobrevivento do massacre da Candelária teve que sair do país para não ser morto! Esse é o "gestor" eficiente que a direita gosta.

eugênio disse...

Completando: esta testemunha sofreu dois atentados.

Joban disse...

Jobim é amigo pessoal e tiveram por muitos anos um escritório de advocacia com o extraordinário e elevado jurisconsulto brasileiro, o deputado Eliseu Padilha. O saber jurídico de Padilha é o de dez Rui Barbosa, mais uns dez Hans Kelsen. De qualquer forma é uma estranha amizade. Muito estranha.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo