Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 12 de maio de 2009

Jornal Zero Hora chama a governadora de “isso”




Todo o cinismo do mundo num só editorial

É óbvio que ZH não chama a governadora de “isso”. Eu faço apenas uma provocação debochada. Jamais algum órgão da RBS faria essa desfeita com a sua criatura, Yeda Rorato Crusius. De obscura e medíocre professora de Economia à comentarista televisiva da RBS TV, de deputada federal do baixo clero à governadora do Estado do Rio Grande do Sul, em toda essa escalada ascensional houve o dedo milagroso das empresas da família Sirotsky.

Como então o jornal ZH vai desqualificar como “isso”, a uma invenção sua? A um constructo político-eleitoral de sua lavra? A uma personagem criada e encenada diariamente na sua própria dramaturgia midiática?

Yeda Rorato Crusius é tão criatura da RBS quanto a escultura em mármore de David é criatura de Michelangelo Buonarroti. Se David simboliza o Renascimento da cultura e das artes Ocidentais, Yeda representa o Obscurantismo e a Decadência da cultura política do Rio Grande do Sul.

Agora, hoje, de forma oblíqua e dissimulada, o grupo RBS começa a descalçar a bota enlameada do yedismo pantanoso. O editorial de hoje é uma espécie de desembarque que não ousa dizer o seu nome. Inicia comendo o mingau de sucata derretida pelas beiradas. Não critica nem afronta diretamente nenhum sujeito. As palavras escorrem no verniz liso da hipocrisia. Os alvos, propositalmente, estão borrados. As imagens não tem nitidez. Um editorial sem sujeito, nem responsáveis. Tudo se dilui em si mesmo. O pântano quer se desfazer do pântano.

A situação é de “irresponsabilidade coletiva”. Pronto, agora Yeda já não é mais criatura da RBS. É coletiva, inominada, genérica e horizontal.

No fundo, resta a borra do cinismo, o lodo da moralidade barata e a secreta vontade de construir novos personagens para a cena pública no teatro do poder.

P.S. Pensando bem, o “isso” carrega uma certa astúcia ambígua ou uma ambiguidade astuciosa, como vocês quiserem.

25 comentários:

Marcos disse...

Vamos ficar atentos, pois a oportunidade é ímpar para levar de roldão a rede marrom dos Sirotsky e o sacrossanto senador Simon, mãe e padrinho da criatura horripilante que (des)governa o RS !

el barto disse...

hoje é uma data histórica, o dia em que a rede bunda suja superou-se em cinismo e mau-caratismo!!! essa redezinha ordinária, através de seus veículos e lacaios baratos (abelhinhas, lassies, santanas, coimbras e outras imundícies quetais), juntamente com o senador mais probo e ético do brasil, são os RESPONSÁVEIS
DIRETOS pela eleição dessa desgraçada e seus cupinchas!!! e agora vem querer tirar o corpo fora. é a velha história: as RATAZANAS são as primeiras a abandonar o navio!!!

FABRICIO disse...

Sr. EL BARATO! Por favor me informe, se possível, como posso acessar a RSURGENTE? Obrigado! Um Bom Dia.

cacá disse...

vai no final deste blog e acesse através do link que lá está

Anônimo disse...

O Rio Grande merece tudo ISSO sim, foi ele quem colocou ISSO e outros antecessores no governo. Britto nos deixou mais pobres dando de graça empresas aos amigos e deixou também os pedágios de tantos horrores. Rigotto! Nossa! Agua morna, como diz a Bíblia, "eu vomito". Agora ISSO aí. Onde a vaca vai (entenda-se rbs) a boiada vai atrás. Socorro!!! Quero ir a Passárgada.
Carlos

Katarina Peixoto disse...

Bravo, Cristóvão. Irretocável. Brilhante. A facção midíatica deste governo escandaloso segue seu caminho. Sobre o RSUrgente, também pode ser acessado por www.rsurgente.org

Cristóvão Feil disse...

Obrigado, Katarina!

Abç.

CF

miguel disse...

Nao se preocupem.........a politizada classe media gaucha votará em Fogaça, afinal, elle nao tem nada a haver com isto e o PMDB NAO É GOVERNO ...triste estado este nosso....

Carlos Eduardo da Maia disse...

Inacreditável o cinismo e a hipocrisia. Os que atacam a Yeda, até com certa razão, se esquecem que o PT (que quer evidentemente capitalizar com o episódio) fez exatamente o mesmo que Yeda e fez muito pior, porque os valores eram muito maiores e serviram para pagar deputados da base governista, no famoso mensalão denunciado pelo Joaquim Barbosa. Aqui mesmo neste Blog se acusou de golpista qualquer movimento que registrasse inconformidade com o esquema do mensalão petista. Certa esquerda quer capitalizar com o episódio para atrair os votos do gaúcho. Eu acho que não conseguirão.... Cobrem depois: O PT não vai eleger o governador do RS.

Anônimo disse...

O Maia que sempre carregou nas mentiras e meias verdades, está se superando na defesa do seu grupo político.

Todo mundo viu a força que a midia golpista para envolver o Lula no caso mensalão, que aliás já absolveu alguns participantes parcialmente. Como todo mundo vê a parcimonia e desconcerto desta mesma mídia agora "redemoinhando" para dar as noticias que todo o mundo já sabe. E neste meio tempo ficou "boquejando" por provas e não se mexeu um minimo para procurar. Isto que todo mundo já sabia.

E o Ministério Público? Está se desmoralizando, mais uma vez. Não fez nada. Foi rápido para produzir um parecer favorável a casa dos laranjais. E agora: um diz que pode rabrir. E a outra diz que não é da alçada dela. Por favor, baixem a cortina!

Que o Grupo RBS e sua periferia vai tentar impedir o PT ou qualquer outro partido progressista assuma o governo do Rio Grande, isto todo mundo sabe que vai. Agora levar já é outra coisa...

Claudio Dode

Maria Cristina Dias disse...

O texto do Feil é de lavar a alma. Chove no RS e eu fico quietinha para que essa fugaz felicidade não nos abandone.

Ary disse...

Maia: eu sou um dos poucos que não carrega nos adjetivos (veado, gazela,lacaio, etc). Mas, me desculpe, você está incluindo muito cocô em tua dieta. Só pode! Não se ofenda, cocô, aqui, é um termo carinhoso.

msilvaduarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
msilvaduarte disse...

Excelente, Cristóvão.

A falsa celeuma, o "isso" de ZH, a dita "irresponsabilidade coletiva", que distribui um único sentido de irresponsabilidade - aquele que agora mais convém à "objetividade" sirotskyana, porta-voz de nossa "índole" - entre ações logicamente contrárias, é o cinismo em seu estado mais puro.

Luís disse...

Inacreditável nos darmos conta de como retrocedemos em termos de políticas públicas, não só no tema "corrupção", e ainda mais se levarmos em conta que já tivemos o governo Olívio... e agora o assalto às estatais gaúchas é propositalmente ignorado neste aparente "pega o boné" que deram para ella.
Mas ok, afinal, a fascystóide corrupyta acabou. O nosso trabalho, nos dias de hoje, é encurtar o giro da roda da história no RGS... À FRENTE!!!

edu disse...

Baita bola Feil. Similar ao gol do Nilmar!!!

Foi entrando pelo meio do argumento, amarrou todas as pontas, fechou todas as fugas, e IMPLODIU a falsidade debochada.

Metaforas...

mariorangelgeografo.blogspot.com disse...

Estrategicamente, a bruxa Yeda, foge para Brasilia. Ninguém sabe a "agenda" desta criatura.

Fujona!

E a respeito dos comentários da cratura denominada Maia:

São gemidos de um moribundo.

KAKAKAKAKA

Gilmar Antonio Crestani disse...

RBS & YEDA são ávidos por todos os lados. Lá esteve ela porque seu padrão de ética estava de acordo com a regra da casa, de lá saiu para por em prática, com o aval dos seletivos de plantão, para espraiar a lógica do grupo RBS. Ou alguém ainda não sabe que a RBS cresceu no bojo da ditadura?
Dúvida salgadinha: Yeda foi contratada pela RBS por ser ou para aprender o vir a ser?

wilson disse...

Porra que delirio!!

Arthur Rotta disse...

Maia,
Que provas exitem no caso do mensalão? De certo mesmo só a acusação do deputado do PTB, que se não me engano caiu por ter acusado por falta de provas.
No mais, sendo verdadeira a hipótese do mensalão, o que é pior? comprar parlamentares da base aliada (e nem tão aliada assm) ou se vender? Parece que as pessoas esquecem disso.
No mais, a governadora é acusada de comprar uma casa, em benefício próprio. Se houve mensalão, land rover do silvinho fora, foi tudo em nome da dificuldade do PT em construir uma base aliada sem se comprometer com seu programa.
Agora numa coisa eu concordo contigo, o PT não elegerá o sucessor de Yeda. Tudo indica que a politizada classe média vai cair no colo do PMDB. Não que eu queira, mas milhares de militantes de esquerda, pouco podem contra o lasier no JA.

João: República de Santa Maria disse...

E enquanto "isso" acontece com o Estado, Santa Maria prepara-se para receber Cesar Buzato. Cesar Schirmer,prefeito, PMDB, acaba de decretar que em Santa Maria não existe ninguém mais capacitado. Buzato é o cara.

Ari disse...

BUZATO TODA VIDA!!!!!VIVA A ZERO HORA!!!

pgpr disse...

A Yeda vai governar até o final de seu mandato!
Não tem petralha ou pçolico para destituí-la!

As "novas provas" já se esfarelaram.

Coitados dos que pensam que o RS vá eleger governador o tarsinho punhet...!





E vejam a nova "aula" do noço profeçor prezidenti:

" Essa crise é uma crise em que nós temos de provar quem é ousado, quem tem coragem e quem vai fazer as coisas na hora certa. Não é uma crise para ficar chorando ou lamentando. Em qualquer atividade econômica tem momento de 'pico para cima' e momento de 'pico para baixo'.


E ainda faltam 598 dias para o mula picar a lula, ou melhor, para o Lula picar a mula.

Ari disse...

VIVA A YEDA!ABAIXO OS BÊBADOS DE PORTA DE BAR!

Oscar torres disse...

Nem o Feil nem ninguem aqui chamava a yedinha de "isso" pelo que lembro!
Que falta de caráter!
Repassei este texto pra ZH, sem necessidade, pois óbvio que já leram aqui!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo