Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Ação judicial censura blog no Rio Grande do Sul


Processo é um ovo de serpente

Eu quero chamar a atenção para um fato grave que está acontecendo no Estado do Rio Grande do Sul. O blogueiro, ex-jornalista da grande mídia, sempre jornalista crítico, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Wladimyr Ungaretti está sendo processado judicialmente por um celetista do grupo RBS.

O objeto da ação do leguelé rebessiano é sobre uma completa tolice: a princesa sentiu-se esculachada e ofendida por que o professor WU trata-o no blog pelo apelido que ele granjeou na sua vida profissional. Como se sabe, apelidos são apodos caricaturais que a gente mesmo coloca na gente, de forma reflexa, pela maneira de proceder, de ter o nariz (o real e o suposto), pela reputação pessoal e profissional, por gestos, hábitos, falas, traços da personalidade, vícios ou virtudes, detalhes do caráter, etc. Nada que não seja o próprio sujeito que “informou” aos demais.

Não vou dizer o apelido do coisinha de Jesus, porque igualmente posso ir para o pelourinho do Judiciário e ficar meses debaixo de um tacão legal que consome a paciência do sujeito, a poupança e a própria ilusão de supor que vivemos numa sociedade democrática e tolerante.

Quero depositar a minha mais irrestrita solidariedade ao professor WU, a quem eu conheço por mais de bip-bip anos, já compartilhamos estudos em círculos de desasnar jovens militantes de esquerda (inclusive sob a regência mestra de uma figura notável da República, hoje), e por quem tenho respeito e admiração à distância.

O processo contra WU é um ovo de serpente. Visa chocar e fazer procriar pequenas serpentinhas de medo, autocensura e regulação aos blogueiros alternativos à mídia oligárquica brasileira. Não se pode aceitar ovo de serpente em nosso meio. A conquista do espaço democrático e participativo da blogolândia é irrenunciável, e com o qual não podemos transigir. O ataque à WU é a ponta de lança para atingir, normatizar, regular e enquadrar todo o avanço do território virtual que conquistamos.

Neste sentido, e com este propósito, é que faz-se necessário a denúncia e a constante divulgação do que está ocorrendo exatamente com o caso WU, especialmente fora do Rio Grande do Sul. É muito importante.

Aqui, blog do WU – censurado e criminalizado.

35 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Caí a máscara do Galudinho

Vejam:
http://www.youtube.com/watch?v=O4cJ6b0BwOo&eurl=http%3A%2F%2Fosamigosdopresidentelula%2Eblogspot%2Ecom%2F&feature=player_embedded

Carlos Eduardo da Maia disse...

Dei uma olhada no site do TJRS, no nome do réu e verifiquei a existência de um processo 10802515367, movido por um tal de Ronaldo. Não houve nenhuma medida liminar. Não houve nenhuma decisão judicial. Não houve nada no processo. Houve a distribuição da inicial, a citaçaõ do WU, a contestação, a réplica e existe uma audiência agendada para o meio do ano. O WU não está sendo censurado, ele apenas não está divulgando notícias, porque está com medo de perder o processo. Apago a minha primeira mensagem, porque estou proibido de tecer mais de um comentário no mesmo post. E depois se critica aqui, com essa veemência e indignação, a censura... Tá bom.

Paulo Abreu disse...

Como sempre o Maia e superficial nas suas analises, para tanto basta verificar que o Advogado de WU interpos Agravo Instrumento n.º 70029506094 ( ver dados 2º grau) , não acolhido pelo TJ-RS, cuja decisão segue:

AGRAVO DE INSTRUMENTO. SEGUROS. DECISÃO QUE DEFERIU A ANTECIPAÇÃO DA TUTELA PARA DETERMINAR A ABSTENÇÃO DO AGRAVANTE DE VEICULAR TODA E QUALQUER NOTÍCIA/ MENSAGEM/ DIVULGAÇÃO EM SEU BLOG EM QUE SEJA REFERIDO O NOME DO AUTOR, ORA AGRAVADO. DESCABIMENTO DO RECURSO INTERPOSTO. AUSÊNCIA DE RISCO DE LESÃO GRAVE OU DE DIFÍCIL REPARAÇÃO. INTELIGÊNCIA DO ART. 522 DO CPC, COM A REDAÇÃO DADA PELA LEI Nº 11.187/05. NÃO RECEBIMENTO DA IRRESIGNAÇÃO. CONVERSÃO EM AGRAVO RETIDO.

segue relatorio do relator do acordão :

RELATÓRIO
Trata-se de agravo de instrumento interposto por WLADIMIR UNGARETTI contrário à respeitável decisão proferida nos autos da ação de indenização por danos morais ajuizada por RONALDO GUILHERME BERNARDI.
O colendo juízo de origem deferiu a antecipação da tutela pretendida, a fim de determinar que o demandado se abstenha de veicular em seu blog qualquer notícia/ mensagem/ divulgação em que seja referido o nome do agravado.
Daí o atual recurso, referindo que a decisão agravada afronta a liberdade de expressão já que estaria obstaculizado o seu direito de exercer sua atividade de jornalista na sociedade. Alegou que não há verossimilhança entre as alegações do autor e a tutela deferida. Requereu a atribuição do efeito suspensivo ao recurso e, ao final, seu provimento.
Os autos foram distribuídos a mim como Relator.
É o relatório.
Decido.

Portanto houve antecipação de tutela pelo juizo de 1º grau, com provavel impossição de multa caso seja descumprida a decisão antecipada do juiz até julgamento final da ação. ( somente vendo os autos para saber valores ).

Anônimo disse...

Ai, cala-te boca, asno.
É um pé no saco entrar nos comentários e ter que passar os olhos pelas asneiras que esse cara fala.

Mas sobre o professor, é uma afronta a liberdade de expressão, tão pregada pela grande mídia.
Mas isso mostra como estes espaços alternativos vem trazendo dores de cabeça!!!

sil

Anônimo disse...

Pelo que sei, o processo não é pelo apelido, mas porque o WU acusou o cara de ter montado a cena de uma foto. E é uma acusação grave, qualquer um teria que provar na justiça. Do contrário, é calunia.

Mas acho bonito que o DG é intransigente na defesa da democratização nos blogs. Já na grande mídia, gosta mesmo é do modelo que fecha jornal, de Chavez e Fidel.

Anônimo disse...

Liberdade de expressão???

Tente mandar um comentário que contrarie o pensamento de alguns blogueiros e verás o quanto são democráticos em aceitar a diferença e a crítica.
Se for chacota, então, como era o caso... esquece.

Tente defender quem quer que seja junto a um desses blogs. Não terás espaço. De brinde, te chama de "capacho", seja de políticos, de empresas. Em resumo, não respeitam ninguém, à exceção dos seus.

A esquerda, incluindo o nobre professor WU, excede-se em hipocrisia, sem querer aqui ofender o professor, a quem admiro. Quando quer criticar, algumas pessoas pretendem fazê-lo de forma livre e soberana. Já quando o tiro vem em direção contrária, vão à ONU reclamar dos direitos humanos, armam campanhas difamatórias, postam-se como vítimas.

O fotógrafo estava sendo esculachado e buscou seu direito. Mesmo que tudo o que se diga seja verdade, ele tem esse direito. E olha que não estou emitindo opinião sobre sua postura profissional e ética.

Agora, como disse o Maia, se o WU tivesse convicção de suas opiniões não se curvaria, buscaria os Repórteres em Fronteiras, a ABI, o Sindicato dos Jornalistas, a Comissão de Direitos Humanos da AL, da Câmara, do Senado, do PT...

É mais um espamo de ato-vitimização e coitadismo de setores sociais.

lamentável

Chico Bento

el barto disse...

"princesa" é algo, kkkkkkk
tinha que ser um lacaio da rede bunda suja mesmo.

Anônimo disse...

Se os anonimos lessem o blog e o sitio saberiam o fundamento teórico em que se inserem as críticas do professor. Professores e intelectuais de renome internacional baseiam suas análises. Se elas sao tao criticas, é somente porque nosso jornalismo é ordinário, tem um claro lado ideológico nao manifesto, e produz subjetividades reacionárias que infestam o Rio Grande do Sul. Nas palavras do professor: manipulação, indução, ocultação e fragmentação sao a base do jornalismo da classe deles.
Duas questoes:
1) é a p-RBS que processa o professor, por utilizar a crítica comparativa. Essa é a que mais devia doer na ZH, porque o blog demonstrava destrinchando as noticias a maneira como ZH noticiava. Ficava provado que tínhamo, temos, o pior jornalismo do país;
2) esse cidadao que processa o professor em nome do p-RBS, tem no meio o apelido de FOTONALDO. Fotógrafo de campana, com lentes potentes que o retiram do mundo, fotografando somente em assuntos onde as fotocampanas tem utilidade, nas pautas de polícia e de violencia.

De todas as formas, esse processo somente anuncia a ofensiva da elite midiática, o AI-5 digital.

Lucio Ak.

Anônimo disse...

Dizia meu avô...Respeito é bonito e conserva os dentes. Esses blogs de esquerda não respeitam ninguém. Quem não coaduna com suas idéias de girico, é taxado de debilóide, ignóbel e outros apelidos que inventam quando se olham no espelho. A liberdade de imprensa é uma coisa; usar de espaços para ofensas pessoais é bem diferente.
E a justiça para quem não sabe, é um local onde duas pendengas são decididas por alguém preparado para isso. Quem estiver errado, que pague pelo que pecou.

João de Viamão

jukão disse...

Pecou? Como assim João?
Quem pecou? Alguém falou em pecado aqui, gente?

kadu disse...

Devemos nos solidarizar com o professor, mas dizer também que o blog dele é chato, apesar de sempre ter razão. É chato porque só fala numa única coisa obsessivamente. Com a cultura do professor ele poderia abrir o leque um pouco, sem deixar de pegar no pé da zeagá. Mas abre um pouco o foco da lente, bixo. É todo o dia o samba de uma nota só. Comenta outras coisas do capitalismo, sei lá. Tem tnta coisa excrota pra meter o pau.

Anônimo disse...

Maia, pede desculpa pela superficialidade do seu comentário.

Coisas estranhas acontecem aí na outrora reserva da liberdade e democracia e, hoje, reserva de desmandos dos tucanos, experiências fascistas de alguns promotores, jornalismo (sic) de encomenda, etc e tal.

Aqui em Sampa não é diferente, claro, também reduto dos tucanos. Vá querer entender eleitores que insistem em eleger destruidores da segurança e da educação. o Nassif por mostrar os desmandos da Veja, ganhou processo. Idem o PHA.

Enquanto isso, la nave se va...

armando do prado

Adir disse...

Nóófa, quem é a bissola?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, minha participação neste Blog é censurada. Mas, vá lá, vou responder porque você, educadamente, me perguntou. O tal do Ronaldo ingressou com ação contra o W U, processo nº 10802515367 que tramita na 1ª Vara Cível de Porto Alegre e conseguiu tutela antecipada (essa informação não consta na informação do processo, o que me induziu em erro) e que foi confirmada pelo TJRS. O WU tinha um recurso do art. 557 §1º do CPC e nada fez, cochilou e a decisão transitou em julgado. Ela persiste. Não se trata de censura, mas de decisão judicial sobre um fato específico. Até mesmo porque no Estado democrático de direito as pessoas tem que ter o direito de processar quando são ofendidos.

Anônimo disse...

O melhor que o Maia fez até hoje foi apagar o próprio comentário.

Podia apagar todos e ninguém ia sentir falta.

Eu acho que o Maia deveria é ser impedido de entrar, porque é sempre a mesma coisa muita mentira e meia verdade como no segundo post.

Ele é o "censurado" que mais comenta no blog. Infelizmente.

Minha solidariedade ao Ungaretti.

Claudio Dode

ppalves disse...

Tenho em Formigueiro "O Tamanduá", uma espécie de blog de papel. Pois o Sr. Prefeito da Cidade quer me processar por caluniá-lo sem eu citar seu nome no "blog". Uso um personagem fictício,é bem verdade que muitas vezes inspirado em ações do prefeito. Mas se acham no direito de censurar o pensamento do eleitor mal alcançam um "carguinho".Força WU!!!

Tupamaro disse...

O blogueiro está agindo corretamente em censurar os absurdos comentários deste tal de Carlos Eduardo da Maia. Na verdade, a cota de 1 comentário por post já é um excesso... O canais midiáticos do PIG, arautos do pensamento único, deletam sumariamente qualquer comentário que vá contra a corrente. E Kadu, o site do WU não é "um samba de uma nota só". Você, provavelmente, não acompanha-o seguidamente, senão terias notado que ele aborda outros assuntos além da necessária e didática crítica aos veículos do clã sionista dos Sirotski. Lógico, com a censura que desabou sobre o site a coisa mudou ultimamente, mas durante o período em que não existia a censura era um dos bons site alternativos a nossa disposição. Confio que a justiça decidirá a favor de WU, que não cometeu qualquer deslize, apenas denunciou a ação de um biltre a serviço de uma empresa midiátia inqualificável.

S.Lamarca disse...

Esta é a democracia de que tanto se orgulham o tal de Maia e o clã sionista dos Sirotsky !

En garde, mes amis !!!

Paulo disse...

O Maia é um mentiroso contumas como o PIG, e errou novamente em sua analise sobre o processo contra o Prof. WU, pois houve recurso interposto pelo advogado do WU no TJ-RS, em tempo habil, e o mesmo pediu a suspensão da antecipação da tutela proferida pelo juizo de primeiro grau, o que foi negado pelo TJ-RJ conforme teor do acordão n.º 70029506094.
Tudo leva a crer que tem a mão do pRBS nesta decisão e na manutençao desta decisão. seria importante trazer para a blogosfera o inteiro teor do despacho do juiz que proferiu a antecipação de tutela para ver se os argumentos da decisão do juiz se sustenta a luz do dia e diante de outros ponto de vista.

Noiram disse...

Cabe ao WU entrar com mandado de segurança.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Paulo, uma questão técnica, sorry Feil mas é apenas esclarecimento jurídico, o WU entrou com agravo de instrumento da decisão que deferiu tutela antecipada, mas o Desembargador do TJRS, aplicou o art. 557 do CPC e negou seguimento ao agravo. Dessa decisão caberia agravo do §1º do Art. 557 para que a Câmara Cível - e não apenas um desembargador -- se pronunciasse sobre o caso. O WU não se utilizou desse recurso e a decisão transitou em julgado. O agravo foi recebido apenas como retido. OU seja ele vai ser julgado quando do julgamento de eventual apelação, daqui a um ano ou mais. Noiram, não cabe mandado de segurança nessa hipótese, porque existem recursos a serem interpostos, no caso o agravo de instrumento. Hoje -- depois da modificação da lei do agravo -- praticamente não cabem mais MS contra decisões judiciais, mas apenas contra ato de autoridade. É o meu parecer.

Anônimo disse...

Parece piada o que se lê por aqui.
Criticam a censura a um blog e ao mesmo tempo pedem liberdade de expressão. Só que, da mesma forma também, pedem que o blogueiro censure o Maia. Pedem o fechamento da ZH e da Veja e exigem liberdade de imprensa em seus blogs. Mais uma dos esquerdistas que acham que o mundo gira (ou deve girar) ao redor de seus umbigos e de suas seitas. E juram de pés juntos que não são fanáticos, azedos, arrogantes, ransosos. Tudo isso acrescentado de uma pitada (enorme) de falta de ética "jamais vista dantes na história deste País" como dizia aquele famoso filósofo da cachaça, só podia dar no que está dando: "anti-petismo, anti-esquerda, anti-malucos, anti-pseudointelectuais, anti...".
Abraços amigos.
Jarbas

Noiram disse...

Entendo que seria o caso de agravo interno se negado o seguimento fosse. Mas como consta na decisão do relator supra, que sequer o agravo de instrumento foi recebido, não caberá a aplicação do disposto no art. 527, I e caput. Portanto, MS nela.

Anônimo disse...

Ô Jarbas,

É só não confundir liberdade de imprensa, com liberdade de comércio de informação.

Claudio Dode

Patrícia disse...

"Agora, como disse o Maia, se o WU tivesse convicção de suas opiniões não se curvaria, buscaria os Repórteres em Fronteiras, a ABI, o Sindicato dos Jornalistas, a Comissão de Direitos Humanos da AL, da Câmara, do Senado, do PT..."

Desculpas, mas esse argumento utilizado por este tal de anônimo me deu ânsia.
Quem está se curvando?
Tanta ignorância irrita.

Oscar torres disse...

É só não confundir liberdade de imprensa, com liberdade de comércio de informação.
Faço minhas as palavras do Claudio Dode, acima. Midia no BR quer liberdade pra atacar mas nao aceita ser criticada...vide Veja e FSP.
Porém, se WU partiu pro lado da ofensa, fica complicado dar razão a ele, mesmo que contra RBS.

Anônimo disse...

Por falar em liberdade, alguém viu a entrevista com um brasileiro, que mora a 30 anos na Venezuela antes do jogo do Grêmio quarta-feira? Impressionante. O cara falou mal do Hugo Chavez fora do ar e se negou a repetir no ar. Não queria ser encontrado com a boca cheia de formiga pelo que parece. E tem gente (muitos por aqui) que criticam a censura e idolatram o Chavez. Não é incoerência? Claro que é. Incoerência e arrogância, doenças crônicas da esquerda.

Bolsonarinho disse...

Depois reclamam da ditabranda que tivemos aqui no Brasil!

Nelson Antônio Fazenda disse...

Logo ali, do outro lado da fronteira, na "democrática" Colômbia, seria garantido que o tal brasileiro que mora na Venezuela amanheceria com a boca cheia de formigas, meu caro Anônimo. E não precisaria nem falar ao microfone; bastaria expressar sua opinião sobre o regime colombiano à boca pequena mesmo. Só o atual presidente, Álvaro Uribe, é acusado pela morte de mais de 400 sindicalistas. E a Colômbia nos é vendida, pela mídia hegemônica e seus (de)formadores de opinião como um reino de liberdade e democracia.

É proibido falar mal de Chávez na Venezuela? Quem o fizer está condenado à morte? Bem, não é bem isso que escreve a advogada venezuelana Eva Golinger. Em artigo recente ela mostra que a exclusão ideológica faz parte da política oficial do governo dos EUA, o suposto país da liberdade de expressão e de pensamento.
Golinger escreve, sobre a liberdade de expressão em seu país:
'Globovisión, canal privado de televisión venezolano que ocupa el espectro radioeléctrico público, transmite programación de diferentes canales de televisión en América Latina, como RCN de Colombia y Todo Noticias de Argentina, que son abiertamente hostiles y agresivos contra el gobierno venezolano, sin ninguna restricción. Y el propio canal Globovisión transmite todos los días material que incita a la violencia en el país, manipula los hechos y provoca desestabilización, con plena libertad. Sin embargo, cuando las entidades del Estado encargadas de imponer la ley reclaman a la televisora privada por sus múltiples violaciones, los dueños y periodistas del canal gritan que se está violando la libertad de expresión. Siempre utilizan a Estados Unidos como ejemplo de esa “libertad” y, sin embargo, si existiera un canal que transmitiera material como el de Globovisión en EEUU se habría clausurado hace muchos años bajo las leyes de ese país.'
Vale a pena ler o artigo. Para isso, basta clicar em http://www.rebelion.org/noticia.php?id=86166

Noiram disse...

É o PIG venezuelano com raízes estado-unidense.
Aí o Chavez toma providências contra isto e passa por bandido, inclusive com o casal mais hipócrita da TV brasileira, em horário nobre, fazendo aquela carinha fingida de indignação quando retorna a imagem a eles, após passar reportagem sobre o assunto no JN.

Maurício disse...

Caro Jarbas, melhor revisar tua medicação. Quem aqui falou em fechar a ZH e a veja?? Aqui no espaço de comentários do DG, sandices como esta tua são publicadas sempre. Sem falar presença constante da "sapiência" democrática do Maia, seus comentários "neutros e equilibrados". Trata-se, isto sim, de buscar sempre a verdadeira democracia do campo das comunicações, ou seja, diversidade de opiniões e crítica à concentração midiática que, em qualquer país decente, é o mínimo que se espera. Como vcs podem defender esse monopólio doentio? Aí aparece o Prof. WU com seu bloguesinho e é massacrado pela nossa exemplar justiça! E vcs acham bom! O que é realmente bom é que este tipo de coisa é altamente pedagógico e permite ver por trás das máscaras dos discursos de "liberdade" e democracia decantados polos âncoras de telejornais.

Milton Ribeiro disse...

O que posso te dizer, Cristóvão?

Estou sendo processado por ter criticado um livro. E pretendo utilizar a expressão "Ovo da Serpente" quando puser a coisa no ventilador. Te aviso! Pois a autora está procurando apenas intimidar os críticos da internet. Maravilha, né?

Cristóvão Feil disse...

Prezado Milton,

Sem saber do que se trata, já estou ao teu lado.

Repugna pensar que alguém queira usar o judiciário para cercear outra pessoa por expressar opinião.

Abç.

CF

Anônimo disse...

"vitimização e coitadismo de setores sociais"

A direita fica permanentemente se dizendo vítima de blogueiros, da carga tributária, de Cuba, das Farc, dos sindicalistas, dos ambientalistas, dos indígenas, dos sem-terra, dos muçulmanos, da censura, das carroças e da regulamentação do comércio de armas. Até parece que eles é que são oprimidos há dez mil anos.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo