Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Isso lá é comunicação pra Olimpíada?



Temos os mais caros e piores serviços do planeta, tanto na telefonia como na internet

Teremos mundial de futebol em 2014 e jogos olímpicos em 2016. Tudo no Brasil. Muito bem. Mas com esse sistema de telefonia e de internet?

Hoje, seguramente, a pior telefonia do mundo é a brasileira. Caríssima e precaríssima. Desafio quem consegue falar no celular durante cinco minutos que não tenha que trocar de lugar ou mesmo que não caia a linha. Qualquer toldo de zinco é suficiente pra linha chiar. No carro (carona), não se anda 500 metros sem ter que refazer a ligação. Um inferno. E a banda larga na web? Não sei o que é pior, se a telefonia ou a internet. Leio que na Coréia do Sul (menor que Santa Catarina) tem banda larga com 20 Mbps. Aqui, o máximo é 1 Mbps, mas nominalmente te vendem como sendo 3 Mbps. Serviço caro, igualmente o mais caro do mundo, e fajuto.

Pelos 20 Mbps efetivos, os sul-coreanos pagam o equivalente a 10 dólares/mês. Aqui, os 3 Mbps, não saem por menos de 70 dólares, e te empurram um pacote com vários barbicachos e bugigangas junto, a popular venda casada, uma vigarice sem similar.

O lulismo de resultados vai ter que fazer uma revolução nas telecomunicações brasileiras, caso queira fazer bonito em 2014 e 2016. Quero ver enfrentar as telecom da vida e fazer com que os serviços se universalizem, tenham qualidade e alcancem preços populares como no resto do mundo (civilizado).

Hoje, os serviços das telecom brasileiras são risíveis, os estrangeiros que nos visitam ficam abismados com o alto custo e a ruindade das conexões.

7 comentários:

Callado disse...

Feil, quero te parabenizar pelo assunto levantado. Isso nunca vai sair na midia amiga. Os maiores anunciantes são as operadoras de telefonia e os grandes varejistas de aparelhos e linhas celulares.
Se de fato chegarmos a 2014 com esses serviços simplesmente a Copa não sai. Porque o que temos hoje é uma vergonha e um deboche com o consumidor brasileiro, para o qual o governo federal não está nem aí. Também, com aquele filhote da Globo de ministro das Comunicações, vai querer o que?

Cristiano Freitas disse...

Já entrei com a minha segunda ação contra o conglomerado BROI. Além de term me vendido gato por lebre (15 mbps, e o máximo que tenho são 200kbps), cobram por faturas inexistentes e de um terminal que já não existe mais.
O serviço é o pior possível, com uma administração temerária e métodos condenáveis de vendas e "noivado" de produtos.
Sem falar que você é um cliente eterno, já que encerra, encerra, encerra de novo e está sempre no SERASA.

Raphael Tsavkko Garcia disse...

É rir pra não chorar, situação terrível! Venho, em meu blog, acompanhando as peripécias da Telefônica já há algum tempo e só vejo a situação piorar.

Se não é a chuva que tira toda a telefonia fixa do ar - e os donos da Telefônica deveriam ser criminalmente processados e condenados pela falta de polícia e bombeiros nestes momentos - é o Speedy que não funciona pelas "n" mentiras que a empresa conta.

No fim, sabemos a verdade, falta de investimento e precariedade completa do serviço.

Falar da telefonia celular é outra piada, um cartel, os preços de todas são iguais, as opções são sempre as mesmas e todas ruins e somos reféns de um serviço péssimo. Não faz diferença em qual operadora você esteja, são todas ruins, e o governo ainda "ajuda" permitindo mais concentração ainda, vide o caso BrOi.

Agora a Telefônica que a GVT, é o apocalipse, quem tinha dado graças pela GVT ter chegado vai começar a chorar e se desesperar.

O Brasil, em termos de telecomunicações, é vergonhoso e não vejo qualquer vontade do governo Lula em modificar nada.

Anônimo disse...

Isso não é nada, perto da má fé dos penduricalhos que que vem na conta, que colocam sem perguntar nada, ou a alteração de planos ao seu bel prazer. Estamos sendo vítimas de uma quadrilha, que tomou conta das telecomunicações, estão roubando nosso dinheiro, e isso são bilhões!!! Ninguém faz nada! Parabéns pela qualidade deste Blog.

Ary disse...

Como os soviéticos conseguiram realizar aquela bela olimpíada sem os tais celulares?

Tupamaro disse...

Os dois maiores crimes(entre tantos) da era do lesa pátria FHC, foram a doação da Vale do Rio do Doce e a privataria da telefonia brasileira. Hoje estamos pagando a
fatura carissima dessa esperteza da oligarquia brasileira representada pelo PSDB-DEM, com responsabilidade também para o PT e o lulismo de resultados que fazem de conta que está tudo bem, enquanto a população paga preços de primeiro mundo e recebe serviços de terceiro mundo.

Nelson Antônio Fazenda disse...

Mas, meu caro Feil, não nos prometiam o paraíso - serviços de alta qualidade, mais empregos, tarifas mais baixas -, assim que tudo fosse privatizado?
Tudo o que de ruim você descreveu não são características exclusivas das empresas estatais, conforme procuram nos convencer os órgãos da mídia hegemônica e seus deformadores de opinião?

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo