Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Mísseis desejantes


Kayser

28 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

O do Iotti é melhor e mais inteligente.

Anônimo disse...

Lulla na Couromoda, depois de praias, tubarões, 51, e muita 51:

Mais um picadeiro com o palhaço cachaceiro no papel principal. Que triteza. O espetáculo de asneiras vem a seguir, quando ele atarracar o "mico!fone. Se ele tagarelar ou soltar PUM, não faz diferença, o efeito é o mesmo. FEDE!

Cel

Anônimo disse...

Credo Cel, vai te tratar ou escreve em outro lugar, que aqui não cabe esse desrespeito todo.
Terapia faz um bem danado nestes casos.
Frida

Eloiza disse...

Pois é Cel!
Ao visitar um estande de sapatos durante a Couromoda 2009, Lula pegou um sapato e ameaçou arremessá-lo em direção ao fotógrafos e cinegrafistas que o acompanhavam.
Quando é que os jornalistas criarão vergonha na cara e deixarão Lulla passar sem ser notado?
Por que insistem em fotografá-lo e publicar suas "abobrinhas", se elle não lê jornal para não ter azia?
Se ao menos os leitores de jornais fôssem visitar a Couromoda, com certeza faltaria sapato para atirar nelle. Como estou longe, sou obrigada a me contentar com uma sapatada virtual.

Anônimo disse...

Uma charge imbecil e tendenciosa. Como a do Iotti, só que a deste foi bem mais realista e criativa.

Kayser disse...

Quatro comentários imbecis e tendenciosos, só que os primeiros não foram anônimos. Em tempo: toda charge deve ser tendenciosa, pois ela expresa uma opinião, o que significa ter lado. Eu escolho o lado do mais fraco, ao contrário dos cretinos que comentaram aí acima.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Quem é Cel?

Um ser amorfo e infeliz, assim como a Eloiza!

Devem ser, com certeza, CCs da bruxa Yeda ou do Foga$$a.

Se criticam as "abobrinhas" do Lula, porque não criticam a destrambelhada da Yeda que também estava na couromoda, de intrometida? Quanta abobrinha esta vaca já disse? Onde estavam Cel e a Eloíza?

Pastando, é claro!

Marcos disse...

É, parece que o DG está incomodando o Maia e sua turminha do partido fascista. É só mostrar a "cara" de um dos mísseis israelenses assassinos de crianças que eles ficam nervosinhos e começam a escrever contra o Lula... quando não estão gastando letrinhas em apoio à chacina sionista.

Anônimo disse...

Quem se habilita a ser um terceiro Maia?

Vai ficar mais divertido.

Carlos Eduardo Azteca disse...

Eu me habilito!

Anônimo disse...

Com tequila e mal de Montezuma?

Anônimo disse...

Kayser
é reaçlmente uma charge matadora!!!!!
grande desenho de
amarga ironia
santiago

Carlos Eduardo da Maia disse...

A charge do Kayser mostra algo que não é verdadeiro, como se a história dessa guerra pudesse ser resumida com o simplismo ideológico de que Israel quer mesmo é matar criancinhas palestinas. O meu lado é pela vida e pela paz. E tem gente do "lado dos fracos" que não defende a vida e nem a paz. Mas isso não se pode falar.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Israel só consegue ser colonialista pelo apoio político, financeiro e militar dos EUA. Se os EUA mudassem de lado, seria tão igual a qualquer outro país miserável daquela região.

Anônimo disse...

Israel faz tiro ao alvo com os palestinos. Então, mira em crianças, sim, senhor.

Vá a pqp, nobre idiota.

Carlos Eduardo Azteca disse...

Se o teu lado é pela vida e pela paz, tu estás defendendo Israel por quê? Te assume, Maia! Tu não é pela vida e pela paz porra nenhuma! Pára com a frescura, com essa conversa mole. Quem é pela paz não justifica a matança de crianças porque o Hamas está provocando (e ao defender a charge do Iotti e atacar a do Kayser, é isso o que estás sustentando)!

Anônimo disse...

O Maia é a favor da paz para os sionistas, e a vida dos palestinos
eles querem que se exploda.

Este é o Maia (justo) Verissimo.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu não estou defendendo Israel. Acho equivocada e burra a postura genocida do estado judeu que está tentando fazer ataques cirúrgicos em zona de grande concentração populacional. Isso não se faz. Isso é covardia. Mas reconheço também, que Israel tem seus motivos. O Hamas é autoridade na palestina e prega o fim do estado judeu. O Hamas é financiado pelo estado terrorista e medieval do Irã, mas isso nos blogs alternativos de esquerda ninguém fala, ninguém comenta, porque reina a hipocrisia.

Anônimo disse...

O Maia tem razão: é simplismo ideológico acreditar que os mísseis israelenses atingem alvos civis por engano...

Anônimo disse...

O Hamas prega o fim do estado judeu: e Israel PRATICA a aniquilação da população palestina...

Blues disse...

Por que sempre fico com a impressão de que os comentários neutros ou pró-israel são marcados por um traço de ignorancia sobre o Sionismo ou O QUE É o Estado de Israel historicamente falando?
O combate a Israel tem que se difundir como um combate a ignorancia!

Carlos Eduardo da Maia disse...

7 milhões de pessoas moram em Israel. Esse é o fato hoje. Os aspectos históricos ficam para os textos do passado. O que importa é hoje. Falar em extinção de um estado constituído por 7 milhões de pessoas é alimentar a intolerância e o absurdo. Ninguém pode defender o "combate" à Israel ou a Palestina. São povos irmãos que devem conviver pacificamente, mas essa convivência da paz não interessa aos radicais dos dois lados. Radicalismo é o fim.

Anônimo disse...

É isso aí. Não interessa aos radicais a paz. E os idiotas fazem uma manifestação a favor dos palestinos... E os judeus que querem a paz? Não contam? Os radicais dominaram tanto em um lado quanto no outro. E os imbecis dessa esquerda burra e retrógrada, sem conteúdo algum, resolvem escolher um lado só, sem analisar a situação com equilíbrio. Aliás, equilíbrio não consta no dicionários dos idiotas.

Maurício disse...

Tá bom, anônimo mal-educado das 20:43. Explica para nós, tu que és um "inteligente e progressista de direta", como alguém deve ser ponderado assistindo às imagens de pessoas queimadas por armas químicas proibidas pela convenção de Genebra, mostradas hoje em todos os telejornais? Vamos ponderar a respeito. Quem sabe, como diria o ponderado Paulo Sant’Ana, teu ídolo, não há palestinos da Cisjordânia que dão razão aos israelenses? Vai ver, os palestinos da Cisjordânia apoiam o uso de armas químicas na Faixa de Gaza, né? Espero a tua ponderação a respeito. De modo mais educado, se é que educação consta do teu dicionário...

Anônimo disse...

Os judeus que querem a paz devem mostrar sua cara também. Devem ir às ruas e pedir negociação em vez de massacre.
Outra coisa: entre os muitos leitores desse blog, um monte deles não tem nenhum compromisso com partidos de esquerda. No meu caso, tampouco de direita ou centro.
E agora, né? É tão mais simples quando se pode reduzir as opiniões de que não gostamos a uma tendência partidária...

Anônimo disse...

O Kaiser como comentarista foi mal.

Imbecis e tendenciosos os comentários; cretinos os comentaristas.

Tomara que fique só nas charges. Aí ele é bom!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Inventaram essa, quem prega a negociação, o diálogo e rejeita o radicalismo é de direita...... Por favor, contem outra.

Anônimo disse...

A unica negociação que serve para os sionistas que governam Israel, e eles deixam sempre isto claro, é não deixar que os Palestinos constituam o seu país, e tenham acesso a agua.

Depois não foi atoa que destruiram escolas e a universidade.

Não é atoa também que estão usando armas de quimicas, que aliás serviram mentirosamente para a invasão do Iraque, e agora o que faz o Tio Sam?

E nem é atoa que entre os mortos a maioria sejam crianças e mulheres.

Claudio Dode

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo