Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Cesar Busatto é uma bala perdida



Charquito d’agua turbia

Cesar Busatto é um lucerito sin vela, sangre de la herida. Cesar Busatto é um charquito d'agua turbia.

Basta uma pequena canção do grande Manu Chao (acima) para definir o desagregador Busatto. Canoas se vê livre – em menos de vinte dias – de duas especialidades: Ronchetti e Busatto.

Viva Canoas!

29 comentários:

Liane Souza disse...

PT - nó me haga sufrir más!

jukão disse...

Poça de água suja é muito bom pra definir a bisca.
Bela e divertida lembrança.
Ganhei da tarde!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

jukão disse...

ganhei a tarde!!!!!!!!!

Milton Ribeiro disse...

Maravilhoso.

Anônimo disse...

Canoas se vê livre... e o JJ, e o PT, se vêem livre da sacanagem??? Simples assim???? Mais uma pra baixo do tapete...

Ronaldo

ju disse...

Bárbaro, Feil!

Carlos Eduardo da Maia disse...

E o PT-RS é tri agregador...

panoramix disse...

O que passou pela cabeça de JJ? Cesar Busatto há poucos meses atrás esteve envolvido em um escândalo sério!

Carmelita disse...

....o que passou pela cabeça do JJ foi derrotar o PT e mostrar que ninguém manda nele, só a Ulbra hehehehe

Hamilton Vieira

Anônimo disse...

Diga-me com quem andas e eu te direi quem és''

Busatto não vale nada, Jairo jorge menos ainda, baita deslumbrado, traidor.

Anônimo disse...

Inveja pura.

É briga de quadrilhas!

Anônimo disse...

"Militantes do PT enviaram abaixo-assinado ao presidente nacional do partido, Ricardo Berzoini, manifestando-se contra a nota em que condena Israel na questão Gaza. "A nota posiciona equivocadamente o PT em relação a um conflito de notável complexidade", diz o documento, assinado, entre outras figuras ilustres, pelo ministro Tarso Genro, o governador baiano Jaques Wagner e o economista Paul Singer."

Que pasa?

Mario Rangel disse...

Mas quem é tú Maia, prá falar de PT?

Tu entende é de PSDB, DEM, PPS, PTB e outras falcatruas como tú mesmo.

Vai te deitar, cachorro sarnento!

mario disse...

É que os três são judeus, anônimo.

el barto disse...

uma das coisas mais nojentas que eu já vi na vida foi o tal de conversas cruzentas ontem, qdo. petistas (assim se dizem) - um vereador e um rábula chicaneiro defensor de pedagistas - defenderam a presença do brittista nauseabundo no governo canoista, e criticaram o despachamento do mesmo.
como diz o blogueiro: "coisas da vida".
bah!!

Francisco Goulart disse...

Jairo Jorge sinalizou como será sua gestão.

(si.na.li.zar)

v.
  1 Pôr sinalização em. [td.: sinalizar uma rua.]
  2 Comunicar por meio de sinais [td.: Tentava sinalizar o perigo fazendo gestos.]
  3 Fig. Assinalar, apontar, indicar. [td.: O fim desse conflito sinaliza uma nova época.]
  4 Desempenhar as tarefas de sinaleiro. [int.: Seu trabalho é sinalizar.]

edu disse...

O que tornou o PT um partido maravilhoso, que agregava pessoas inteligentes, honestas, que tinham alegria de viver e garra para transformar era a sua logica filosofica.

O PT tinha um progeto que respondia aos nossos anseios, nos, do povo.

Se alguem cometia uma falha, era julgado e muitas vezes expulso, isso gerava um sentimento de orgulho nos demais, produzia a satisfaçao de fazer parte de uma organizaçao exigente e eficiente.

Dava prazer ver o PT dos anos 80, do primeiro governo da capital!!! Aqueles sim foram bons tempos.

Depois veio o crescimento e com ele muita sujeira, como é natural, Jesus Cristo tinha de escolher 12 apostolos, mesmo sendo Filho de Deus, ainda escolheu um cachorro.

Nao exigimos do PT a perfeiçao, mas a capacidade de corrigir a rota.

Parabens ao Partido dos Trabalhadores do Estado do Rio Grande do Sul.

Ter barrado busato me fez sentir de novo aquele jovem deslumbrado com a magnificencia dos homens, homens como aqueles que fizeram o 1° governo PT na capital e o 1° governo PT no Estado.

Obrigado por essa alegria tao rara.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Recomendo a todos a leitura do artigo do Jairo Jorge hoje na ZH. Ele está ali no depósito. Jairo Jorge é uma luz no fim do tunel da intransigÊncia petista. Ele é a maior conquista e novidade do PT no RS depois do complicado e desagregador governo Olívio. Vida longa a Jairo Jorge.

edu disse...

O maia quer uma boquinha publica, uma licitaçaozinha na manha.

E' isso que eles chamam de "agregar"!!!

Eles deveriam ficar satisfeitos com a valorizaçao e crescimento do nosso Estado proporcionada pelo governo Olivio.

Mas nao...sao fracos e incompetentes demais para vencer a concorrencia, precisam trair, enganar e mentir para sugar os que produzem, se "encostar" na administraçao publica.

Algum de vcs aceitaria "agregar" com o maia?? Ou com busato?? Com onix???

Cai fora cachorrada!!! Vao enganar os desmiolados que elegeram a coisa ruim, que troca divida em reais por divida em dolares.

el barto disse...

acho que o jj tá querendo é se agregar ao ninho tucanalha ou com a brittalhada acanalhada...
se naum está satisfeito com o pt, como ele mesmo diz no artigo, "a porta da rua é a serventia da casa".

Anônimo disse...

MARIO, acho que é mais do que isso:

Petistas criticam posição do partido sobre conflitos na faixa de Gaza

Por Gabriela Guerreiro, na Folha Online.

Ministros, parlamentares e militantes do PT divulgaram nota nesta segunda-feira contra a posição do partido a respeito dos ataques israelenses na faixa de Gaza. O grupo, integrado por 36 petistas, se mostra contrário à nota do PT na qual o presidente da legenda, Ricardo Berzoini, afirmou que "a retaliação contra civis é uma prática típica do Exército nazista".

Entre os petistas contrários à nota de Berzoini estão os ministros Carlos Minc (Meio Ambiente), Tarso Genro (Justiça), Fernando Haddad (Educação), Paulo Vanucchi (Direitos Humanos), a ex-prefeita Marta Suplicy (PT-SP) e o senador Aloizio Mercadante (PT-SP).

Direcionada a Berzoini, a nova nota afirma que o grupo deseja se manifestar publicamente desacordo ao comunicado da legenda por considerar que o texto "posiciona equivocadamente o PT em relação a um conflito de notável complexidade".

Os petistas afirmam que a nota de Berzoini ignorou a posição histórica do partido que "sempre se pautou pela defesa da coexistência pacífica dos povos", além de banalizar e distorcer o "fenômeno histórico do nazismo". Segundo o grupo, o presidente do partido também não registrou a necessária condenação ao terrorismo nem afirmou o reconhecimento ao "direito de existência de Israel negado pelo Hamas".

Em um tom duro, o grupo de petistas afirma que a nota de Berzoini "queima, ao invés de construir, pontes para o entendimento" e não está de acordo com a posição assumida pelo governo brasileiro sobre os conflitos na região. "Estamos convictos de que o Brasil, conforme propõe o governo Lula e com base na convivência exemplar das duas comunidades em sua sociedade, pode contribuir para o engajamento das partes na busca de uma paz duradoura", argumenta o grupo.

Os petistas afirmam que o partido pode "desempenhar um papel importante no aprofundamento do debate e na defesa, junto às partes e à sociedade brasileira, do caminho do cessar-fogo imediato e do desbloqueio da entrada de ajuda humanitária".

Nota

Em nota divulgada no início do mês, o PT criticou a ofensiva de Israel na faixa de Gaza e declarou seu "integral apoio à causa palestina". O texto, assinado pelo presidente do PT nacional, classifica a ofensiva de Israel contra grupos radicais palestinos de "terrorismo de Estado".
"Não aceitamos a 'justificativa' apresentada pelo governo israelense, de que estaria agindo em defesa própria e reagindo a ataques. Atentados não podem ser respondidos através de ações contra civis. A retaliação contra civis é uma prática típica do exército nazista", afirmou o PT. "O governo de Israel ocupa territórios palestinos, ao arrepio de seguidas resoluções da ONU."
A nota gerou reação indignada de entidades judaicas. A Confederação Israelita do Brasil divulgou nota registrando "profundo espanto" com o comunicado do PT. A nota do PT também foi alvo de contestação da seção latino-americana do Centro Simon Wiesenthal, que luta pela punição a criminosos de guerras nazistas, com sede em Buenos Aires. A entidade disse que o comunicado do PT é "escandaloso" e "demonstra solidariedade com o antissemitismo".

Anônimo disse...

Mario:

Fernando Haddad é árabe.

Paulo Vanucchi, Marta Suplicy e Aloizio Mercadante não são judeus.

Não é meio simplista a tua explicação ("todos são judeus")?

Mario disse...

Eu apenas disse que Tarso,Jacques Wagner e Paul Singer são de origem judaica.
Só isso,não nomeei mais ninguém. E dizer que alguém é judeu não tem nada de mais. É como chamar um coreano de oriental. Onde está o problema?

edu disse...

O tarso é de origem judaica??? Bah, essa nao sabia (sem ironia).

mario disse...

Tarso Fernando HERZ Genro.

Herz é hebreu.

Anônimo disse...

..."hebreu"... Bah, baixou o Eichmann aqui.

mario disse...

Hebreu é sinônimo de judeu, sua anta empanada.

Anônimo disse...

É mesmo?... Não diga... Dã...

Caríssimo, que adjetivação farta: além do "hebreu" no melhor estilo III Reich, ainda sobrou para o interlocutor indefeso.

"Anta empanada". Esssa eu não conhecida. Achei que assada era melhor.

edu disse...

Bem, temos de diferenciar Judeu de sionista.

Pra nao perder a oportunidade:

busato para jairo jorge:

Tens uma agregaçaozinha pra mim ai??!!!

Tem, um cargo de secretario ou uma licitaçao facinha de vencer, ja temos os 2 perdedores!!!

Feito!!!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo