Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

A linguagem rançosa de Mariza Abreu


Sem comentários. A gafe é auto-explicativa.

Ilustração: fac-símile parcial da página 2 do jornal Zero Hora, de ontem.

33 comentários:

el barto disse...

uma cadela igual a patroa dela.

guimas disse...

Poucas vezes vi uma caricatura tão fiel do governo Yeda. Parabéns à secretária!

maria alice disse...

Os peixes e as boquirrotas morrem pela boca.

Francisco Goulart disse...

Não foi gafe. É o que ela realmente pensa.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Mariza Abreu foi muito melhor no debate do Painel RBS do que a presidente do corporativo CPERS, a complicadérrima Rejane Oliveira. Esta sim está comprometida com interesses mesquinhos e chega a defender, com unhas e dentes, não admitindo qualquer forma de flexibilização, um quadro de carreira que foi imposto pelos governos da ditadura militar em 1974. A melhor frase de Mariza Abreu no debate foi a de que não adianta colocar mais verba num tonel furado. A educação pública no RS, da maneira como está instituída e concebida, é um tonel furado que o interesse corporativo do CPERS não admite sequer debater para mudar. Nunca simpatizei com a Marisa, mas depois que ouvi sua participação no debate franco e aberto da RBS, ela subiu no meu conceito. O CPERS quer passar ao povo gaúcho a falsa impressão que o atual governo quer destruir a educação pública no RS, como se ela fosse uma maravilha. Tem que mudar o sistema de gestão, mas a direção do CPERS defende o status quo do conservadorismo corporativo.

Anônimo disse...

os animais se entendem, o asno gosta da vaca...

Anônimo disse...

Sou professora e de fato não me considero da mesma classe nem espécie dessa criatura acéfala ou no mínimo preconceituosa que colocaram em um cargo estratégico para o presente e futuro do RS...

Me comovo com pessoas que estão nas mais diferente atividades, por suas diferentes histórias de vida e possibilidades de acesso a melhores condições econômicas - mas não as considero hierarquicamente superior ou inferior a alguém por suas profissões.

C.

Anônimo disse...

Ela tomou foi um baile da presidente do CPERS. Lindo de ouvir!

ary disse...

A estúpida confundiu "gente com prego".

edu disse...

Diz pra ela sentar aquela bunda gorda num formigueiro.

Ai ela vai saber o que é "comoçao"!!!

E ai Gauchada?? Gostaram de trocar divida em real por dolar??

Nao se preocupem, dizem q em 30 anos isso se anula!!! Sim, nos estaremos mortos e anulados!!! So rindo mesmo...

edu disse...

ALA PUCHA TCHEEEE!!!

BK OF AMERICA HJ -26,6% no ano -62,57%;

Citibank -18,57% hj no ano -57,53;

JPM CHASE -19,5% hj no ano -41,74%;

Isso é que eu chamo de "COMOçAO"!!!

(tanto que o post é humoristico, nao?)

edu disse...

Que "COMOçAO"!!!


Em agosto nossa divida com a uniao era de, digamos, 4 bilhoes de reais = 2.531.645 dolares;

Hj, depois de pagar 4 prestaçoes ela é de 5.972.151 reais!!!


Que "COMOçAO"!!!!!

edu disse...

Opa!!! faltou numero nos bilhoes de reais!!!

R$ 5.972.151.898 reais!!!

(os numeros sao hipoteticos, a proporçao é que vale)

Clairton disse...

Bichinho escroto da maia: tonel furado é o DETRAN e também o BANRISUL, não por ser um banco público, mas porque é um banco público na mão de gente como a yeda, o simon e o busatto.
E o Stédile tem razão em criticar o capital, porque afinal quem são os responsáveis pela crise econômica atual se não os capitalistas de plantão? Embora, um mentecapto reacionário como tu deve acreditar que a culpa é de Lenin, Stálin, Mao, Che Guevara...

fernando disse...

Edu, não pode ser!!! Será que foi por essa brilhante negociação que o "técnico", o Alex do governo Yeda, Aod foi contratado pela instituição PRIVADA BM????? Não acredito nisso, deve ser pq ele é extremamente competente, e não em razão de ter feito um empréstimo altamente benéfico para um das partes (qual será????). Imagina se a Rejane pega um empréstimo do Santander para ajeitar as contas do CPERS e 1 mÊs depois é contratada por tal??? Será que iriam tratar ela como o Tcheco do Grêmio, ou seria o Victor, Nilmar???? MAs para os amigos nada a declarar. Aliás o PT virou rançoso de novo pq rejeitou o Busatto. Imagina se fosse o Dirceu. E isso q eu já larguei o PT faz tempo, que fez o minimo, o decente seria expulsar sumariamente o JJ. É rir para não chorar.

Anônimo disse...

A Secretaria só expressou a "boa origem social" afinal é descente de um burocrata da Petrobras, de muito sucesso, afinal implantou o Pólo Petroquímuco de Triunfo, o senhor Percy Louzada de Abreu.

O fato de ter militado na esquerda em um certo momento da vida foi só foi um "desvio de conduta", nada como dia depois do outro.

SBENTENAR disse...

- É QUE O MAIA MALA, SÓ PENSA ATRAVÉS DA EXTREMIDADE DO RETO.

joacir disse...

O MAIA EO VAZIO É A MESMA COISA !! NADA! NADA!!

Trick disse...

Maia, foi o "conservadorismo corporativo" das corporações de ofício do velho continente que serviram de freios ao capitalismo selvagem que mais tarde veio a se intalar nestas terras. A desregulamentação do Estado e a retirada de forças da sociedade civil levaram o mundo já sabemos para onde. Ainda assim insistes nestes argumentos?
Abre um pouco a cabeça e olha em volta!

gustavo disse...

Menos Maia, bem menos. Ou vamos ter que reeditar o CALA A BOCA MAGDA, que dizer MAIA, diariamente!

A presidente do CPERS é COMPLICADÉRRIMA porque? tu não entendeu o que ela disse?

tu diz que ela defende o plano de carreira da época da ditadura, e como poderíamos concordar com a tua opinião, se tu seguidas vezes defendeu o estado terrorista e os torturadores aqui neste espaço! ninguém é idiota o suficiente para esquecer as maiores barbaridades que tu escreve aqui diariamente Maia. o plano de carreira não serve mas a tortura serve!

depois tu diz que certa esquerda é muito radical, quando teus comentários são os mais sectários invariavelmente!

Estas sempre evoluindo, meus parabéns!

Pmarkes disse...

Essa é a "Maliza- a secretária Monstro", falou o que todo governo Yeda pensa dos trabalhadores e trabalhadoras deste Estado. Não foi gafe, foi raro momento de sinceridade do tucanato guasca.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Que estado terrorista eu defendi, Gustavo? Eu sempre critiquei a postura arrogante e sanguinária de Israel, mas sou crítico também ao radicalismo troglodita islamico do Hamas financiado pelo governo arcaico do Irã. Neste ponto eu fecho com Robert Kurz que não é um cara de direita. E o que tem a ver Israel com o plano de carreira do CPERS? Andou tomando uns molokos? Pega soft.

Anônimo disse...

Eu falava do estado terrorista brasileiro(aquele fundado em 1964) se lembra!ou tuas fantasias de grande apoiador do obama te fizeram esquecer que tu vive num país que viveu quase trinta anos de sua história recente uma ditadura civil-militar.não lembra né, porque tu és daqueles que querem apagar a história para não "remecher em feridas do passado".quantas vezes te colocaste a defender os torturadores por aqui! os torturadores servem o plano de carreira dos professores não!

gustavo disse...

Eu falava do estado terrorista brasileiro(aquele fundado em 1964) se lembra!ou tuas fantasias de grande apoiador do obama te fizeram esquecer que tu vive num país que viveu quase trinta anos de sua história recente uma ditadura civil-militar.não lembra né, porque tu és daqueles que querem apagar a história para não "remecher em feridas do passado".quantas vezes te colocaste a defender os torturadores por aqui! os torturadores servem o plano de carreira dos professores não

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu nunca defendi torturador. Eu apenas disse que não vale a pena o Brasil de hoje reviver os traumas do passado. O Brasil tem é que resolver os problemas do presente e do futuro e fazer com o que o Estado brasileiro funcione a quem efetivamente precisa. E para que isso ocorra há de se mudar a legislação, os planos de carreira e os interesses do corporativismo e do status quo que o CPERS defende.

gustavo disse...

pois então Maia, tu defendeu novamente os torturadores. o argumento que defende que não se discuta nosso passado recente, ou seja a defesa da desmemória, só interessa aos torturades da ditadura civil-militar que andam por aí mamando nas tetas do estado.

Agora, quanto a educação no RS, tu defende novos rumos e perspectivas. tudo bem, mas como tu pretende levar adiante teu ponto de vista defendendo uma política pública de estado que desrespeita a constituição federal ao não investir nem o mínimo no orçamento anual, lembrando que esta garantido por lei, na educação. um dos únicos governos que se colocou contra e pleiteou veto ao piso nacional para o professorado.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Gustavo, tem que mudar o sistema de educação. TEm que mudar o cargo de carreira de 1974. TEm que mudar toda a estrutura. Não vamos melhorar a qualidade do ensino público no RS apenas aumentando o salários dos professores. Não se coloca água em tonel furado. Há de se fazer muito mais. Mas o interesse corporativo do CPERS não está minimamente interessado em mudar. Se apega, com unhas e dentes, ao status quo.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Quantos são os torturadores que andam por ai mamando nas tetas do Estado? Isso aconteceu no final de 60 e nos anos 70. FAz mais de 30 anos. Que idades têm essas pessoas hoje? Quantas elas são? Onde elas estão? No fundo, no fundo, estamos falando de meia dúzia. Rever a lei da anistia para colocar na cadeia meia dúzia de torturadores, porque a maioria já morreu é impertinente e intempestivo. O Brasil não vai melhorar a qualidade de vida de seu povo olhando para os ressentimentos do passado.

Carlos Eduardo da Maia disse...

E mais, o governo Yeda, junto com o do REquião no Paraná, não é contra o piso salarial, mas os efeitos cascata e colateral que isso pode gerar para as combalidas finanças do Estado. E os governos conseguiram liminar do STF nesse sentido.

Raul Sendic disse...

E o avião da Yedinha ajuda a melhorar as combalidas finanças do Estado.
A esqueci, avião é da turma do andar de cima - quem atrapalha são os de baixo, que só servem para COMOVER os de cima, que amor!!!!

Carlos Eduardo da Maia disse...

O avião da Yedinha foi para o espaço.

edu disse...

Mas que m. de bagunça é essa???

Vamos falar de divida em real e divida em dolares...

Arrebentam coma vida de vcs e ficam discutindo coisa de policia??

Torturador é caso de policia, inquérito e julgamento.

Tem de meter na cadeia esse tal de coiò, ciodo, aod sei la, pilantra.

Uma coisa me intriga...o fato da oposiçao ter votado, apoiando a troca de divida em real, por divida em dolares...

Eles receberam informaçao "quente"??? Ou receberam outra coisa??

Oscar torres disse...

Não foi gafe. É o que ela realmente pensa (2).

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo