Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Câmara de Porto Alegre quer moralizar Plano Diretor


Contratação de "especialistas" vai resolver tudo, e mais um pouco

Fico sabendo que a revisão do Plano Diretor sai em 2009, na Câmara Municipal de Porto Alegre. Para tanto, “a colenda Casa de tão nobres edis” (um dia alguém vai me explicar o motivo de as casas legislativas brasucas usarem expressões que remetem ao Império dos Braganças, o porquê de ainda não terem assumido o regime republicano, na íntegra), vai contratar especialistas (que perigo!) em urbanismo e que estes tenham necessariamente “currículos respeitados” (o que seria isso, mesmo?).

A medida visa afastar posições político-ideológicas que possam “tisnar ou macular” (que tal, o vocabulário data-vênia do meu interlocutor?) o futuro Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental.

Ou seja, “posições político-ideológicas” não podem. Mas e as posições do tipo “quero-me-arrumá-nessa”, podem?

Serão contratados “especialistas de currículos respeitados” para evitar as posições do tipo “quero-meu-já-aqui-e-agora”?

Outra pergunta: quando foram aprovados – agora em dezembro último e de afogadilho – os projetos bandalhos da dupla Gre-Nal, esses tais especialistas da moralidade pública já estavam operando na colenda Casa que agasalha o vereador Alceu Brasinha (foto) e seus ínclitos colegas?

22 comentários:

Juarez Prieb disse...

Feil, você é um intolerante de marca maior. Alceu Brasinha é uma vestal da moralidade pública em Porto Alegre. Alceu Brasinha é uma virgem zeladora do altar do fogo moral da Capital guasca.
Menos, caro blogueiro. Seja só um pouquinho compreensivo com as virgens morais.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Porto Alegre precisa de um George-Eugène Haussmann.

panoramix disse...

Nada como os "Especialistas"! A mídia amansada sempre que quer fixar suas verdades no cerebro do "homo midiaticus bovinus globalis" chama os "Especialistas" para opinar e ai temos a questão dada como resolvida! A última palabra!

Anônimo disse...

Porto Alegre precisa e se ver livre é do Maia e de todos os FDP que ele representa aqui.

Carlos Eduardo da Maia disse...

O Napoleão III, o primeiro ser humano eleito pelo voto universal, resolveu contratar um especialista para remodelar Paris. Era preciso alargar as avenidas e, de certa forma, impedir as barricadas. Era época das revoluções. Conversando com a Eugênia, a imperatriz de fibra e com os ministros, eles chamaram o Haussmann que projetou toda a cidade, com seus quarteirões, suas rotundas e os maravilhosos boulevares. E Paris hoje está repleta de turistas sorridentes -- que fazem circular o capital na capital française -- por causa de um especialista, George-Eugène Haussmann. Existe um boulevard em homenagem ao especialista. Mas o Brasinha está longe de ter esse tipo de idéia.

Milton Ribeiro disse...

Não daria para jogar um copo d`água na Brasinha e depois afogar o Maia?

P.S.- Nada me tira da cabeça que este Maia é um personagem do Feil. Só pode!

Anônimo disse...

Pô Maia, quer dizer que a eleição pelo voto começou com Napoleão III. Será....?? ...
Já pesquisaste a democracia na Islândia, no mundo anglo-saxão, na Africa medieval ?

Anônimo disse...

O Napoleão do Maia é o do hospício onde ele é a Josefina, " a gazela do parcão". Ou ainda: a Gazela Josefina.

Anônimo disse...

A técnica não é neutra, ideologicamente. Técnicas existem muitas, o que determina a escolha de uma e não de outra é a ideologia. Portanto, questões técnicas são sempre políticas, e como tal devem ser discutidas.
Sim, o alemão que projetou a urbanização de Paris seria uma boa inspiração para esse bando de escaladores sociais que estão enxovalhando Porto Alegre com seus espigões. Essa turma que depois vai gastar as fortunas ganhas em Paris, onde os prédios são baixos e as ruas arejadas.

panoramix disse...

Milton Ribeiro isto já me passou pela cabeça: Maia um personagem do Feil, mas acho que cai por terra quando vejo ele postando no rsurgente salvo se, Weissheimer ajudou na criação também! Uma teoria conspiratoria meio louca! Maia realmente é um ente misterioso, uma legitima esfinge da extrema direita!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Técnica é uma coisa e política é outra. Não se pode construir hoje em Porto Alegre prédios sem o necessário e salutar recuo. A verticalização não é problema, desde que haja o necessário recuo. Porto Alegre necessita evoluir e modernizar certas áreas. Isso pode acontecer no Humaitá com a arena e os edifícios do Imortal e com a zona sul com os edifícios do Beira-Rio, o Pontal do Estaleiro que vão fazer conjunto com o Museu Iberê e o novo Shopping. Quem tiver uma graninha extra compre um imóvel ali perto que ele vai valorizar.
É evidente que os fariseus da mediocridade que enxergam política em tudo são contra. Mas são contra por que mesmo? São contra porque são contra.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Druida, esse humilde blogueiro, dono de um paupérrimo armazém de esquina não sou agente da extrema direita. Logo eu que tenho verdadeiro desprezo pelo radicalismo dos polos (sem acento viu?).

Anônimo disse...

A discussão de quem é o Maia deve divertir muito o Maia, quer dizer o Feil.

Anônimo disse...

Não senhor, TÉCNICA É SEMPRE POLÍTICA!!! Entre todas as soluções técnicas disponíveis, quem faz a escolha? A quem a técnica escolhida beneficia?

Verticalização não é problema em cidades de avenidas largas, boas soluções de água e esgoto e transporte público de qualidade.

Compre, sim, um imóvel lá perto do Pontal. Vai ser muito engraçado ver você trancado no trânsito que nem sardinha, sem poder alcançar seu valorizado imóvel.

Suzie disse...

Domingo, assisti na Rodoviária de Porto Alegre,este alegre bonequinho da foto, com seu caminhão bomba azul, fazendo discurso/chamamentos para os taxisistas da rodoviária.
Solicitou manifestação e aplausos dos mesmos.
Que horror!
Que cidade que atrasou-se!

panoramix disse...

Polos não tem "assento"? Interessante Alex! E agora? assento e com "c" ou "ss"? Particularmente sou pela total abolição de acentos, cedilhas e til que só atrapalham, melhor ainda se pudessemos somente ler, escrever e falar inglês, linguagem muito mais simples e lógica. Português e para poetas, fica lindo nas mãos de um Fernando Pessoa que nunca teve a alma pequena e por isto transformou sua escrita em arte!

Kam disse...

Acho melhor o ídiche, do que o inglês.

Callado disse...

Carlos Eduardo da Maia é um conhecido personagem do Eça.
O CEM fake aqui do blog é personagem de um mau literato, porque é iverossímil e sem imaginação, sempre up to date com o que há de mais lixo no neoliberalismo, calçando tênis "cheguei" para gazelear no Parcão. Acho que o Feil não teria o mau gosto de "criar" um personagem tão sem alma e volúvel.

Tonet disse...

Esse Brasinha é aquele Borracheiro Fiel lá da Zona Norte?
Como prosperou! Lembro dele de mãos encardidas, trocando pneus e se lamentando de tudo, xingando os empregados e chamando quem estava de carro bom de doutor.
Esse soube "vencer na vida"!!!!!!!!

Ary disse...

Impressionante, mas o cara sabe tudo, sobre tudo, o tempo todo. É uma Delta, como diria o meu pai.

Henrique Wittler disse...

Votar Plano Diretor para que?
Os outros foram modificados tal qual os Vereadores trocam de roupa.
Mudar o que?
O Plano Diretor Urbano e Ambiental de Porto Alegre, levou o acréscimo de ambiental por ter como objetivo maior valorizar o meio ambiente, sendo que a população seria considerada como prioridade e principalmente teria um ambiente sadio, mas o que temos visto é que meio ambiente para certos vereadores, que não tiveram educação ambiental, não é nada mais nada menos do que o vaso da patente de suas casas, pois fazem de tudo a todo instante e se sentem representantes do povo.
Do jeito que vai o que les querem mesmo é o deixa fazer, ou seja qualquer um faz o que quer, desde que pessam a eles que bondosamente consentirão.

Myna_RS disse...

Na aprovação e participação dos ciclistas de Porto Alegre para o Plano Diretor Ciclístico Integrado, o nó é maior ainda!
ATT
Marly

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo