Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008


RS vive colapso energético

Ontem e hoje o RS, especialmente Porto Alegre, sofreu um forte apagão no fornecimento de energia elétrica. A CEEE (estatal estadual) atribui à chuva de verão que caiu sobre a região, e não dá maiores esclarecimentos aos consumidores domésticos, industriais e hospitalares. O Governo do Estado, através da Secretaria de Infra-Estrutura e Logística, sequer se pronunciou. Ontem foi o dia com maior consumo de energia no Estado, devido ao forte calor, e isso talvez tenha contruibuído para colocar o sistema elétrico em situação caótica em grande parte dos municípios, tanto mais na região metropolitana. Seja a chuva de verão, seja o calor, fenômenos naturais próprios da estação quente, o sistema elétrico do Estado dá mostras de incapacidade de atendimento à demanda, um sistema insuficiente, inseguro e sujeito a colapso por motivo trivial.

A cidadania do Rio Grande do Sul aguarda esclarecimentos das autoridades estaduais, bem como da ANEEL, agência de regulação do sistema elétrico do País. A grave situação reflete a absoluta falta de política energética por parte do governo tucano de Yeda Crusius.

6 comentários:

zé fonseca disse...

Qdo.dissemos que o aumento do uso do carro particular engole ruas, estradas, rodovias, túneis, queremos dizer que sempre serão insifucientes novas obras, que crescem aritmeticamente, enqto.o no. de veículos crescem geometricamente. Vale o mesmo para a geração e consumo de energia. É preciso campanhas permanentes para racionalização do consumo de água e luz, pois nunca teremos hidrelétricas suficientes para os níveis de consumo industrial, neste padrão capitalista de consumismo fútil.

Anônimo disse...

É a administração tucana em ação. Em SP, vivemos o caos dos buracos e a civilização dominadora dos carros, sem falar da tragédia da escola pública. São os tucanos com seu "choque de gestão".

armando

Zaka disse...

Tchê, mas culpar a Yedinha que está há pouco tempo no governo não tem muita lógica.

Um problema desses é falta de investimento a LONGO prazo. Então vamos voltar ao governo do Rigotto, do Bigodão, do....

O que ela poderia fazer (mas não vai) é começar a investir agora para que o problema não volte a ocorrer ou não se agrave, mas isso dará resultados em alguns anos.

Eugênio disse...

O consumismo fútil devora cada vez maiores quantidades de energia. E o pior de tudo é q se criou uma "economia" em torno desse desperdício: produção massiva de bugigangas descartáveis, publicidade luminosa, além de nós, é claro, q varamos a noite em frente ao computador.

Anônimo disse...

Já pensaram se esse apagão ocorresse no governo do Bigode?

Que carnaval!!!

Anônimo disse...

Zakia, não estamos exigindo investimento já. Queremos apenas explicações plausíveis sobre o apagão e políticas públicas para planejar o futuro, ambora se saiba que nada disso está sendo feito.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo