Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Yedão opta por pagar pela TV de Serra a receber conteúdo de graça da TV Brasil


TVE perde assim 500 mil reais em produção de programas e investimentos do sistema digital

Deu na Folha, de hoje:

O governo gaúcho, da tucana Yeda Crusius, rejeitou uma proposta para que a TV educativa local, a TVE, retransmita a TV Brasil, do governo federal, para renovar contrato em que passará a pagar para veicular programas da TV Cultura - emissora ligada ao governo tucano de São Paulo.

Abrir mão da parceria com a TV Brasil significará para a TVE a perda de pelo menos R$ 500 mil em produção de programas ao ano, além de investimentos para migração para o sistema digital.

A emissora gaúcha fica ainda obrigada a mudar de sede, já que o prédio que ocupa há 30 anos e que pertencia ao INSS foi comprado pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), responsável pela TV Brasil.

A presidência da TVE afirma que não há necessidade de acordo com a TV do governo federal, porque "está muito bem servida" pela parceria com a TV Cultura. Mas, como a emissora de São Paulo decidiu cobrar pela retransmissão, a TVE passará a desembolsar em torno de R$ 20 mil ao mês.

"Nosso momento atual é investir em programação local. Queremos reorganizar uma fundação que busca desesperadamente sua autossustentação", afirmou o presidente, Ricardo Azeredo.

Dentro do governo gaúcho, a opinião é que a TV Brasil é um instrumento do governo Lula. Aliados de Yeda citam como exemplo o viés governamental de programas jornalísticos, como o "Repórter Brasil", que precisa ser retransmitido pelo menos uma vez ao dia pelas parceiras estaduais.

Segundo o diretor jurídico da EBC, Luís Henrique Martins dos Anjos, a proposta feita à TVE inclui repasse de cerca de R$ 500 mil para produção de material jornalístico e programas que seriam incluídos na grade nacional da TV Brasil e a possibilidade de utilizar a tecnologia da emissora federal na migração para o sistema digital.

O diretor afirma que a TV Brasil já paga pelos direitos de transmissão dos principais programas da TV Cultura - como o "Roda Viva" e infantis -, que a emissora gaúcha poderia levar ao ar sem custos. Além disso, mais de 50% da grade de programas é aberta para produções locais.

"A única explicação que eu encontro é a orientação política", diz ele, que é responsável pela instalação da EBC no RS.

Martins dá o exemplo da TV educativa de Minas Gerais - outro governo tucano -, que tem parceria com a TV Brasil e recebe para produzir quatro programas que vão ao ar em todo o país. "Não é normal que todas as TVs educativas estejam erradas", afirmou ele.

O diretor afirma que a TV Brasil tem interesse em pagar em torno de R$ 400 mil para que a TVE produza um programa infantil em rede nacional.

"A governadora fez um anúncio de que [a TVE] ia mudar de local. Mesmo assim, nós vamos reiterar a proposta", diz.

A presidente da EBC, Teresa Cruvinel, vai enviar um novo convite ainda neste mês.

Com o fracasso das negociações com a TVE, o Rio Grande do Sul passa a ser o único Estado em que a TV Brasil está sem parceria para retransmissão.

......................

Duas coisas a dizer sobre a governadora: burrice e mesquinhez. Mas por quê? Ora, para não colocar nenhum grão de obstáculo à audiência das emissoras da RBS. Mediocrizar e sufocar a existência da estatal TVE é um compromisso a qual a governadora se propôs. Está cumprindo-o como se fora um dever patriótico dos mais relevantes.

Agora, eu pergunto a vocês: sabem quando nós leremos a notícia acima - divulgada pela Folha, um jornal sabidamente serrista - publicada nos órgãos da RBS?

Nunca!

11 comentários:

César S. disse...

Além do público gaúcho ser privado de mais diversidade e qualidade na TV aberta, o estado deixa de receber R$500mil/ano. Simplesmente, não dá para entender! Yeda é uma política muito pequena.

Anônimo disse...

Fundamental sua informação! Continue!!

Joao Batista disse...

E O MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO TOMA CONHECIMENTO DESSA ESPERTEZA ?? GERADORA DE PREJUÍZO COM NOSSO DINHEIRO ?? ISSO É MÁ GESTÃO !!

César S. disse...

Quanto o estado investe por ano na TVE? Imagino que os R$ 500 mil oferecidos pela TV Brasil aumentariam o orçamento da TVE em uma porcentagem com dois dígitos.

Suzie disse...

Yeda é rasteira e rancorosa.
Sofre de megalomania.
Quando fala...o seu governo é um PRIMOR.
Eu já ouvi da mesma, que consegue transformar tudo que pega destruído(LIXO)... em LUXO!
Ela é tão organizada, tão capaz, tão inteligente, tem bom gosto, sabe INVESTIR...
Vide o seu "patrimônio pessoal"!!!!!

Nelson Antônio Fazenda disse...

E dizer que os gaúchos elegemos uma sumidade (para não escrever nulidade) como essa para chefiar nosso governo.
E ainda nos arvoramos como os mais politizados do país.
O que seria de nós se não fôssemos?

Anônimo disse...

O sossego da Yeda é a "compra" do MP guasca.

Que o judiciario em geral é corrupto, vende sentenças etc. et etc. todo mundo sabe. E deles ninguem espera nada.

Que assim como o STF tem o seu Gilmar mendes o MP guasca tem o seu Gilberto Thums. E só os gauchos que leem o jornalixo da RBS não sabem.

Anônimo disse...

Cansei de ler nos blogs de esquerda a frase "e olha que a Folha é serrista...". A Folha só bate nos tucanos! Essa tática de chamar o jornal de serrista é a patrulha ideológica que mais deu certo nos ultimos anos no Brasil. Porque agora a Folha só bate de um lado, pra tentar se "redimir" aos olhos da patrulha.

TADEU disse...

SR>ANÔNIMO!! 07:18 !! INSANA SUAS COLOCAÇÔES!! SEM BRILHO E DESPROVIDA DE CONTEÚDO !! SÓ ISTO JÁ BASTA PARA REFUTAR SUAS VERSÔES RIDÍCULAS !!

Anônimo disse...

CORREÇÃO:O RS ñ é o único estado sem parceria na transmissão da TV Brasil. Santa Catarina tb ñ tem, pq o (des)governador Luis Henrique simplesmente extinguiu com a TV Cultura SC, que retransmitia a TV Brasil. Não deixem que a Yeda faça o mesmo no RS!! ASS: Eduardo -Florianópolis

Alexandre disse...

Até agora o único pronunciamento de um deputado estadual sobre o assunto:
http://www2.al.rs.gov.br/raulpont/Pronunciamentos/tabid/1920/language/pt-BR/Default.aspx

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo