Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Isto é para vocês verem quem manda de fato no Brasil


Triunfo! Triunfo! Somos os campeões mundiais de juros altos!

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) manteve a taxa básica de juros (Selic) em 8,75% ao ano, sem possibilidade de revisão. O índice está em vigor desde julho do ano passado. A informação é da Agência Brasil.

A decisão de ontem foi tomada por unanimidade e reafirmou a expectativa geral dos analistas de mercado, ouvidos pela pesquisa Focus do BC na última sexta-feira.

Segundo nota divulgada pelo colegiado, "avaliando a conjuntura macroeconômica e as perspectivas para a inflação, o Copom definiu, por unanimidade, manter a taxa Selic em 8,75% ao ano, sem viés. O comitê irá acompanhar a evolução do cenário macroeconômico até sua próxima reunião, para então definir os próximos passos na sua estratégia de política monetária". A reunião está marcada para os dias 16 e 17 de março.

Embora a taxa nominal de juros permaneça igual, a taxa de juros real (descontada a inflação projetada para os próximos 12 meses) está estimada em 4%, o que se constitui na taxa mais alta dentre os 40 países desenvolvidos e em desenvolvimento pesquisados pela UpTrend Consultoria Econômica.

..................................

Parabéns aos banqueiros brasileiros, mandam no Banco Central e mandam no Brasil.

Recuperaram para o País o primeiro lugar no ranking dos juros mundiais.

O presidente Lula, o presidente mais pop da história brasileira, perdeu um pouco mais a sua soberania.

É pop, mas não é soberano.

De que vale toda essa popularidade?

Para entregar a rapadura aos banqueiros? Para fortalecer o direitista ministro Jobim junto aos milicos com interesses econômicos? Para barganhar com a dignidade humana no que diz respeito à política nacional de Direitos Humanos? Para sentar sobre os novos índices nacionais de produtividade no campo, por puro medo do agronegócio parasita? Para que a CTNBio paralise as pesquisas sobre os malefícios do consumo de alimentos que contém transgênicos? Para anistiar de forma vergonhosa os devastadores e incendiários da Amazônia?

De que vale mesmo toda essa popularidade do presidente Lula?

Apenas para alimentar a sua legítima vaidade pessoal?

Foto: Lula e o soberano presidente Henrique Meirelles, do Banco Central.

16 comentários:

Anônimo disse...

Pior que o Lula, só as alternativas!
Joubert

Fabrício Nunes disse...

Só não têm essa "leitura" lúcida, Feil, os que estão cooptados pela estrutura de poder. E os qu já traíram, claro!

Demétrio disse...

E pra alimentar, também, a vaidade dos militantes petistas e pcdobistas que acham que Lula é de esquerda e que o Estado manda no capital...

Anônimo disse...

É essa política, de metas de inflação e controle de juros sem interferência política que garantiram o crescimento do Brasil nos últimos 15 anos. Quer o exemplo contrário, de políticos interferindo na economia, basta olhar nossos vizinhos de América LAtina e ver como a coisa anda boa.

Anônimo disse...

Pois é.
O único reparo a essa crítica é caiu a relação dívida/PIB. A dívida é mais pagável.
E outro comentário válido é que com Lula a dívida duplica, mas ele deixa atrás de si 10 universidades, 214 escolas técnicas (até em Camaquã, veja só...), a duplicação das estradas mais importantes, a transnordestina, as hidroelétricas, a transposição do São Franciso, a modernização das forças armadas, o maior salário mínimo das últimas décadas, dívida externa paga, saldo externo, crescimento da classe média, aprovação do pré-sal.
Com o outro, o FHC, a dívida decuplicou sem que nada ficasse de saldo positivo para o país.
Lula é o supremo equilibrista, atende o capital financeiro e arranja um troquinho para tocar o resto da casa.
O contrário de Lula é Yeda, com ela o déficit zero só é atingível com a sufocação e morte por gangrena de partes do Estado.

Suzie disse...

Então tá Feil!
Pergunto:
Ajudarão o Brasil a cair nos braços tucanodemos?
Então tá!
Qual a fórmula mágica que nos mostrará neste ano eleitoral?
No aguardo...
Fabricio!
Cooptados?
Traidores?
Quem?
Onde?
Eu senti na minha vida, a diferença para melhor, a partir de Lula!
Eu vivo a vida REAL!
Aqui e lá!

Anônimo disse...

Talvez sirva para elevar a renda média do trabalhador em 14%, para retirar 30 milhões de pessoas da miséria, para melhorar a distribuição de renda (só um pouco), para melhorar as condições do Nordeste, para criar 11 milhões de empregos, para que o Brasil seja respeitado pela comunidade internacional, para fazer o país crescer com distribuição de renda (ainda pouco), para colocar 40 milhões de pessoas no mercado de consumo, para melhorar as condições das universidades públicas que estavam com a cuia na mão, para inserir nas universidades, mais de 350 mil pessoas que não tinham oportunidade, para criar mais de uma centena de escolas técnicas, para criar mais 14 universidades e para elevar a auto estima do povo brasileiro que tinha vergonha de se assumir como tal, hoje, o brasileiro tem orgulho de dizer, sou brasileiro e o país não é mais, apenas o país do futebol, da prostituição e da corrupção, hoje o país tem presença garantida em qualquer agenda política, econômica ou social do mundo. Pelo menos para isso, serve.

Anônimo disse...

No momento em que o Pt e seus apaniguados forem contra o Lula, serei, por mais insano que pareça, a favor dele.

Anônimo disse...

Caro Fabrício: Para você só tem "leitura lúcida" os cooptados pelo poder. Conclui-se que aos não cooptados cabe fazer a "leitura não lúcida da realidade. Cabe se iludir. Cabe falsear a realidade. Cabe mentire pior acreditar nas própias mentiras. Cabe, sempre que a realidade não estiver de acordo com as idéias, caça-la a pauladas e enterra-la em cova rasa.

Antonio L Teixeira disse...

E aí Feil. onde foi que estacionou o seu disco voador?

Ana disse...

Feil
Sempre concordo com os teus comentários, mas dessa vez, não.Concordo com a Suzie e com o anônimo.

vários um disse...

É. O Lula, pra conseguir mudar mais, precisaria do apoio da população! A gente cobra que ele rompa com os bancos, com os milicos, e tome medidas mais radicais à esquerda, mas no nosso dia-a-dia, somos poucos os que bancariam essas atitudes. Então o Lula fica de equilibrista mesmo, porque o principal entrave para as mudanças está sutilmente espalhado entre nós, e "é nóis mermo", nosso comodismo, nossa alienação.

donizete disse...

>>> decide sobre política de juros quem demonstrou na prática ter conhecimento para tanto.
>>> de papo furado extremista, seja de esquerda ou de direita, já estou farto. vivem defecando regras sobre tudo, porém, na prática ....

Azarias disse...

As multinacionais/agronegócios/mercado financeiro não encontrarão outro político popular que possua idêntico carisma com o povão e que,ao mesmo tempo, siga corretamente a lição de casa, como o faz o Presidente Lula. Ninguém angariou tanta confiança com a elite econômica estadunidense, como o ex- metalúrgico. Os Tucanos como o homem do "saco roxo" foram com muita sede ao pote.

Fabrício Nunes disse...

E depois dos comentários? Não querem que eu fale de cooptados? Ou sequestrados mentais, no caso dos de boa-fé...
Seja como for, parabéns, Feil. A racionalidade e - sobretudo - a integridade intelectual não soam agradáveis a quem está percorrendo o caminho que vai do socialismo ao oportunismo!

Anônimo disse...

AO ANONIMO DAS 1452.
qUE CRESCIMENTO DOS ULTIMOS 15 ANOS?, O BRASIL RETROCEDEU 80 ANOS EM 8 NA ERA FHC. O CRESCIMENTO PERCEBIDO POR VOCE É EXLUSIVAMENTE DOS ULTIMOS 7 ANOIS. ACORDA CARA... .!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo