Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Comprovado: Yeda dorme em beliche...


...Cai e bate com a cabeça, diariamente

"Quem tem mais dificuldade para entender essa liguagem [do governo Yeda] é a elite, porque é a elite que vem governando. É a elite que vem tendo todo tipo de poder: financeiro, econômico e político. A elite está acostumada a uma linguagem que é diferente da minha". [...]

Acreditem, a fala acima é da governadora Yeda. Está publicado no jornal Correio do Povo, edição de ontem (22).

A manifestação da governadora tucana é prenhe de significados. É uma confissão? "É a elite que vem governando".

Ou são os efeitos dos traumas na cabeça?

Sempre ouvi dizer que dormir em beliche não é bom para a saúde mental dos indivíduos comuns. Muito menos para governadores e governadoras.

Brincandeira à parte. A governadora revela tamanha verdade (ou disparate) e sequer é questionada pelos quatro ou cinco jornalistas que a entrevistavam. Como assim, governadora? - podiam ter dito. A que elites a senhora se refere? O seu governo dá poder - "financeiro, econômico e político" - às elites sulinas? E o quê mesmo a senhora recebe em contrapartida?

Nossos pseudo-jornalistas acham baldes de pérolas, todos os dias, mas preferem jogá-las aos porcos.

14 comentários:

cao@dino disse...

num intindi.cadê o meu chinelo?

a velha é louca de atar.ela toma os
remédios de tarja preta e não sabe o
que faz.ela trocou as bolas,pensou
que estava falando do governo lula.
pelo jeito o coffy não tá fazendo o
nheco,nheco,varefum direito......

Suzie disse...

Nos últimos meses/semana tenho três fatos para narrar.
Devido a síntese do teu pensamento:"Nossos pseudo-jornalistas acham baldes de pérolas, todos os dias, mas preferem jogá-las aos porcos."
1. Ouvi entrevista(uns meses atrás) de Maria do Rosário, no programa de André Machado e Rosane, sobre a falta de interesse de Fogaça no METRÔ. Disse que ele havia priorizado os portais, não havia ido a Brasília organizar o Metrô...
Fogaça levou dois dias para "responder" no mesmo programa.
Jogou as culpas em quem?
No LULA!
O Lula não tinha interesse e Maria do Rosário estava mentindo.Foi o quê disse Fogaça.
Segunda(21/12/2009),Clóvis Magalhães falou no programa do Felipe Vieira, que desde 2008 Fogaça havia priorizado os Portais.
Bingo!
Quem mentiu?
2. Sobre a liberação das verbas pelo governo federal, devido queda de arrecadação em 2009...
Saiu nos "jornais" no centro do país: Lula havia liberado somente para os governos do PT e da base aliada.
No dia seguinte, André/Rosane entrevistaram o Secretário da Fazenda(RS), ele explicou que somente agora os governos do RS,SP e MG (tucanos) haviam decidido solicitar... devido ao "déficit zero"!!!!
3. Nesta semana, segunda(21/12/2009), D.Yeda na Rádio Guaíba(direto do Palácio), culpou o governo Lula pela falta de repasse, daquele dinheiro que saiu em manchetes no centro do país.
A PERSEGUIDA governadora pelo "mau" LULA!
E os(as) "JORNALISTAS"?
MUDINHOS(AS)!
Se o ouvinte não escutou todas... não consegue pegar as MENTIRAS.
BASTA de tanta falcatrua!

Anônimo disse...

Grande Cristóvão.
No meu tempo dizia-se de pessoas com comportamento semelhante " que eram mal aparadas", isto é bateram com a cabeça no parto.
Quanto aos pseudos jornalistas, dá pena.
Negro Velho

Luís disse...

Todo este fenômeno político chamado "yedismo" é uma tragédia só - para quem é trabalhador, claro, não para os gaúchos que se acham "os melhores da galáxia" - mas que é tragicamente divertido e didático, isto também é... que entrevista!!!
Kkkkk...

Anônimo disse...

As pérolas estão escondidinhas, numa gamela de cocos.

Anônimo disse...

Côco?

Ary disse...

Solução para a Yeda "duas casas": coloque o puff embaixo.

Anônimo disse...

Não tem fim a subserviência dos jornaleiros gaudérios ao (des)governo tucanalha no RS. Mudam as moscas mas as entrevistas chapa-branca continuam as mesmas. E o cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais ! Querem o seu quinhão desta festa pobre......

Vanner Boere disse...

Jornalista Josias de Sousa escreveu no próprio blog nesse dia de Natal:
"Implacável em Brasília, Simon é ‘maleável’ no Estado
Houve desvio ético? Então pode abrir a contagem regressiva.
O senador Pedro Simon logo estará na tribuna do Senado para vergastar os malfeitores.
Esse Simon implacável, velho conhecido dos brasileiros, só existe em Brasília.
No Rio Grande do Sul, há outro Simon, mais maleável.
O Simon gaúcho, presidente do PMDB-RS, coabita a gestão da governadora tucana Yeda Crusius, sitiada por denúncias de corrupção.
Sob Yeda, o PMDB de Simon dá as cartas em três secretarias: Desenvolvimento, Habitação e Saúde.
Segura também a chave do cofre do Banrisul, o banco do Estado.
Há coisa de duas semanas, no lançamento da candidatura do prefeito pemedebê José Fogaça ao governo do Estado, Simon prometera:
O PMDB desembarcaria do governo tucano de Yeda. Quando? Bem, isso ele não disse.
Agora, como que dominado pelo espírito do Réveillon, Simon planeja o desembarque para janeiro.
Então quer dizer que o PMDB gaúcho vai, finalmente, romper com a governadora Yeda Crusius (PSDB)?
Não. Não. Absolutamente. Simon esclarece:
“A governadora continuará contando conosco na Assembleia. O que é bom para o Rio Grande do Sul é bom para nós”.
Ok, mas os cargos serão devolvidos, não? Olha, presta atenção, veja bem... Ouça-se Simon:
“O PMDB está saindo. Quem ficar, é porque ela pediu para ficar ou deixou ficar. Não será por conta do partido”.
Então, tá! Ficamos entendidos assim: o PMDB rompe com Yeda, mas continua dando-lhe votos na Assembléia. Devolve os cargos, mas quem quiser pode ficar.
Vá ser firme assim lá nos pampas, tchê!
Escrito por Josias de Souza às 19h14"

Anônimo disse...

Vai ver que a Yeda, o Feijó, Simon "et caterva" não são os representantes da elite, são do povo, e as professoras milionárias e os brigadianos nababos é que são a elite... kkkkkkkkkkkk. Pirou, dêem uns remédios fortes porque a bruxa pirou de vez...

Daniel disse...

Porque o Rogério Mendenslki tem ódio dos funcionários públicos?? Hoje dia 28 pela manhã na R.Guaíba baixou a lenha nessa gente!! E os sindicatos nada de responder essas acusações e humilhações contra êsses funciionários??

marcelo disse...

A Yeda nao ta delirando, ela teve um momento único de lucidez!

gatofrajola disse...

Quanto ao Mendelski, este seja contra os funcionarios publicos, talvez pelo fato deste "Padeiro de Viamão", nunca ter podido ser um deles, provavelmente por falta de competencia.

cazé disse...

vi o feil na praia do Grumari (RJ)

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo