Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

domingo, 22 de janeiro de 2012

ZH dá nova vida à ex-governadora Yeda, a impagável



Robespierre foi alcunhado “o incorruptível”. Já ex-governadora Yeda ficou conhecida como “impagável”, apenas. Não dá para entender direito o motivo, mas o grupo RBS de alguma forma quer lembrar da dona Yeda, protagonista de um governo estadual tão repleto de trapalhadas quanto vazio de realizações. Aliás, ainda não lemos nem ouvimos nada acerca de autocrítica - ou algo do gênero - por ter criado/apoiado governicho tão deserto.  

Passada a tragédia do quadriênio estrabulega, ficou a comicidade do comportamento nonsense e a confirmada desconexão verbal da ex-governadora tucana. A matéria de ZH deste domingo, consegue alçar dona Yeda ao cume da tolice, tem momentos da mais completa incógnita sobre o que a tucana está querendo comunicar. Exemplo: “Eu quis cursar economia pela paixão que tenho por história e geografia.”

Vá entender!

Coisas da vida. 


15 comentários:

Ary disse...

Yeda, a "Teresa Cristina" dos Pampas! Merece um camisa, com mangas longas, de atar atrás. Vive de que a madame?

Gelso Job disse...

Quem ganhou nesta foram os alunos de história e geografia, que deixaram de ouvir tantas tolices!

Ary disse...

Yeda Casanova, a pagável.

Anônimo disse...

Não vive da aposentadoria para ex-governadores? Ou isso já acabou? Mas, o que esperar da ZH?...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Sinceramente, não vejo maiores diferenças entre os governos Yeda e Tarso. A diferença é que Yeda teve o que Tarso não está tendo: uma oposição feroz. No fundo, no fundo, administrativamente os dois governos são bem semelhantes.

Por fim, muito bonito e bem decorado o apartamento da Yeda.

Anônimo disse...

a sujeita não tá ligando lé com cré. completamente fora da casinha.

Anônimo disse...

A grande midia do centro do Pais, o PIG sem os periféricos, vive querendo ressucitar FHC, o Privatão,
A periferia tem que eleger o seu desastre mais próximo para ficar igual, aí inventam a impagável, aliás é o que se diz de uma piada cheia de graça...

Claudio Dode

Eugenio Hansen, OFS . disse...

Paz e bem!

Ary disse...
"[ . . . ] Vive de que a madame?"

Acho que vive da aposentadoria
como professara da UFRGS.

Porque ninguém se arrisca
a contratá-la como palestrante, consultora etc.
Afinal até os tucanos batem nela,
na esperança de que o povo
esqueça seu governo foi tucano.

Anônimo disse...

Minha tese é que cada governador que vem é pior que o anterior, a atestar a impossibilidade de administrar este estado com os 3 a 4% que restam disponíveis do orçamento. Tudo o mais está tomado por compromissos .....

A saga vem desde Triches e será para muitos anos adiante.

Anônimo disse...

Falando sério, a Professora não está bem. Já esteve bem?

Anônimo disse...

Vocês acabaram de presenciar a tentativa da RBS e da ex-governadora Yeda "Tenho o Espírito Muito Operário" Crusius de fazer algo como uma pesquisa de mercado. O PSDB e a RBS estão sem candidatos para 2012...e eis quem sai das catacumbas

Robson Ferreira

gustavo disse...

Não seja bobo, Robson. E a bruxinha Meméia é o que?
Candidatíssima ao Piratini.

joao disse...

ESPÍRITO OPERÁRIO ?????? PIOR, FEZ UM PÉSSIMO GOVERNO E LEVOU O SALÁRIO DE EX-GOVERNADORA!! DÁ PRÁ ACREDITAR NISSO ?? É O FIM !!!

Anônimo disse...

Parece que o articulista e alguns comentaristas estão com uma certa inveja da Yeda.Mas enquanto a cachorrada acoa a Yeda passeia.

Eugenio Hansen, OFS . disse...

Paz e bem!

Anônimo [covarde] disse...

" [ . . . ] Mas enquanto a cachorrada acoa a Yeda passeia."

A Yeda passeia
em seus delírios,
poiso como eu disse
até os tucanos gaúchos
batem nela
pra ver se o povo esquece
que foi um governo tucano
(e nem eles vestem pantalhas).

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo