Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Folha vende conselhos negociais de garota de programa



Inacreditável!

Técnicas de fidelização de clientes foram editadas em livro e estão sendo vendidas pela Livraria da Folha, o segmento livreiro das empresas da família Frias. Para tanto, foram colhidas lições (inesquecíveis) de uma garota de programa.

Já se vê que não houve o menor mal-estar moral da Folha para bancar a edição e venda do notável empreendimento negocial da douta comerciante do próprio corpo.

Agora está provado, com a Folha é assim: “Fazemos qualquer negócio no ramo editorial e jornalístico”.  

8 comentários:

Dirck disse...

Sobre "Vozes da Legalidade" o jornal não sabe o que dizer.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Em qualquer negócio do business (que gera emprego, imposto e renda e faz enriquecer o país) o importante é fidelizar o cliente. É assim que o mundo, que estamos embutidos, funciona. Não vejo nada de anormal no comportamento da Folha.

Aliás, a grande mídia vem pautando o governo Dilma. Qual é mesmo o escândalo do dia de hoje? Ah sim, o turismo, recheado de pupilos da Marta Suplicy e do Sarney.

E prometeram um Brasil decente.

Anônimo disse...

Incrível a falta de assunto neste blog.
Agricultura, Turismo e tantas outras roubalheiras pelo País e a gurizada a lheia a tudo.
Imagina se fosse s Yeda...

TGS disse...

Que a Folha não presta, todos sabemos; agora, o comentário tem um ar preconceituoso e moralista em relação à moça. Como se o fato de ter sido garota de programa pudesse impedir de ela dissertar a respeito de fidelização de clientes...

Anônimo disse...

Folha, Vanessa e Otavinho: prostitutas (os).

armando do prado

Luiz Ornel disse...

E se fosse de um viado dando as mesmas dicas serviria?

Tupamaro disse...

O gajo Maia, troll da Yeda, não toma vergonha na cara. Quer a todo custo comparar alho com bugalhos.
Pois vamos lá: até agora nenhum "homem de confiança" da Dilma apareceu boiando no Lago Paranoá;
a Dilma não foi para a porta da sua casa, com a netinha no colo, enfrentar os movimentos sociais; a Dilma não se protege atrás do chavões "são fatos requentados", "não há fatos novos" e faz de conta que nada está acontecendo, muito menos tem a proteção do PIG, como aconteceu recentemente aqui no RS e continua acontecendo em MG e SP.
A Dilma tem tomado providências severas para enfrentar o cancro da corrupção que viceja neste país há muito e só piorou nos 8 malfadados anos de FHC.
O mesmo que fazia como a Yeda, escondia tudo bem protegido pelo PIG, não é para menos que o Procurador da República de FHC ganhou o apelido de engavetador-mor da República. A PF sob FHC era inoperante, com exceção do caso da filha do Sarney. E até hoje eles estão pagando caro pelo acontecido, pois o Sarney e sua turma se bandeou para o lado do Lula e a oposição ao PT que já era bem fraquinha praticamente sumiu. Engraçado que até então o Sarney para o PIG era um vestal e de uma hora para outra virou o maior corrupto do País.
É por esta e por outras que o PIG (ou seja, a oposição brasileira) perdeu toda a sua já pouca credibilidade.

Anônimo disse...

Pro "Maia", prostituição "gera emprego, imposto e renda e faz enriquecer o país" ---(e isso sem contar o erro grosseiro no texto do dito cujo --- quem está, está EM algum lugar, Sr. "Maia" --- mas se nem isso ele aprendeu até agora...) rsss

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo